PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Por pandemia, Fox Sports abre sua programação ao vivo nas redes sociais

Fox Sports abre programa com Zico pelas redes sociais - Reprodução
Fox Sports abre programa com Zico pelas redes sociais Imagem: Reprodução

Gabriel Vaquer

Colaboração para o UOL, em Aracaju

25/03/2020 16h01

A partir desta quarta-feira (25), o Fox Sports decidiu abrir a sua programação ao vivo para transmissão no YouTube e no Facebook. Os dois programas de debate que ainda seguem sendo produzidos ao vivo - Fox Sports Rádio e Expediente - na grade reduzida do canal agora podem ser vistos de graça na internet.

A intenção do canal esportivo é que mais pessoas sejam alcançadas nos programas e dar uma opção para quem não tem TV por assinatura. Já nesta quarta, audiência foi interessante para os padrões de uma transmissão na web sem tanta divulgação.

No Fox Sports Rádio, o tempo de duas horas foi ocupado majoritariamente por entrevistas. A primeira delas foi com Guilherme Arana, hoje no Atlético Mineiro, e com o ex-jogador e ídolo maior do Flamengo, Zico. A audiência ficou na casa dos 2.5 mil telespectadores simultâneos. No entanto, com a entrada de Zico, mais de 5 mil espectadores acompanharam a live no YouTube.

A exibição foi exatamente como está acontecendo na TV, mas com um 'delay' (atraso) naturalmente maior. Nos últimos dias, por conta do avanço do Covid-19, todos trabalham de casa, participando da atração através do Skype. O 'delay' entre os apresentadores incomodou alguns telespectadores.

Atualmente, o Fox Sports tem apenas quatro horas de programação ao vivo por causa da pandemia do Covid-19. Das 13h às 15h, o Fox Sports Rádio ocupa a programação. Já das 17h30 às 19h30, o Expediente Futebol ocupa a grade. Além das transmissões nas redes sociais de sua programação, o Fox Sports também está fazendo entrevistas em lives no Instagram.

Vice-presidente de Produção do Fox Sports Brasil, Marcio Moron, explicou a decisão de abrir os programas ao vivo do canal esportivo nas redes sociais. "No momento atual, estamos ampliando ainda mais essa presença no Digital. Não vamos deixar de torcer junto com nosso público em uma hora tão delicada; pelo contrário, precisamos levar informação e entretenimento para mais pessoas e o universo online em que estamos engajados nos permite fazer isso para minimizarmos o distanciamento", disse o executivo.

UOL Esporte vê TV