PUBLICIDADE
Topo

Papa espera que Tóquio-2020 seja 'um sinal de esperança' em meio à pandemia

Papa Francisco acena após conduzir a oração do Angelus de sua janela no Vaticano após uma cirurgia intestinal, no Vaticano - Remo Casilli/REUTERS
Papa Francisco acena após conduzir a oração do Angelus de sua janela no Vaticano após uma cirurgia intestinal, no Vaticano Imagem: Remo Casilli/REUTERS

25/07/2021 13h31

Cidade do Vaticano, 25 Jul 2021 (AFP) - O Papa Francisco manifestou neste domingo, 25, seu desejo de que os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, iniciados na sexta-feira, 23, sejam um sinal de esperança e de "fraternidade universal" em meio à pandemia de covid-19 que assola o mundo.

"Neste período de pandemia, que os Jogos Olímpicos sejam um sinal de esperança, um sinal de fraternidade universal e de um saudável espírito competitivo", declarou o pontífice no final da oração do Angelus.

"Que Deus abençoe os organizadores, os atletas e todos aqueles que estão colaborando nesta grande celebração do esporte", disse ele ao público reunido na Praça de São Pedro.

Os Jogos Olímpicos foram oficialmente abertos na sexta-feira com uma cerimônia com apenas algumas centenas de personalidades como público, após terem sido adiados por um ano pela pandemia.