PUBLICIDADE
Topo

Hebert Conceição vence por decisão dos árbitros e se classifica no boxe

Hebert Conceição é um dos representantes do Brasil no boxe da Tóquio-2020 -  Buda Mendes/Getty Images)
Hebert Conceição é um dos representantes do Brasil no boxe da Tóquio-2020 Imagem: Buda Mendes/Getty Images)

Colaboração para o UOL, de São Paulo

29/07/2021 05h18

O peso médio Hebert Conceição estreou hoje (29) contra o chinês Erbieke Tuoheta na disputa do boxe das Olimpíadas 2020. Hebert venceu o combate por decisão dividida dos árbitros e agora é o quarto brasileiro a se classificar nas quartas de final do boxe olímpico. O próximo adversário do brasileiro será Abilkhan Amankul do Cazaquistão.

"Uma luta difícil, adversário duro contando com o peso da estreia. Senti um pouco o peso, mas o importante é o resultado e eu venci", afirmou após a luta. Caso vença ele garante pelo menos a medalha de bronze.

Hebert está ciente dessa condição, mas prometeu mais entrega na próxima luta para se apresentar de maneira mais segura. "É meu foco, meu objetivo, melhorar muito a performance. Prometo ser melhor na próxima luta, farei de tudo, lutarei com tudo para avançar", disse.

A LUTA

Ambos fizeram um primeiro round bem equilibrado, com Tuoheta devolvendo os golpes do brasileiro, que tentava se manter mais proativo no combate. Na interpretação dos juízes, essa iniciativa fez diferença, e Hebert venceu os primeiros três minutos por decisão unânime.

Tuoheta voltou mais agressivo no segundo round e acertou uma boa sequência de golpes em pelo menos duas oportunidades. Por conta disso, três dos cinco árbitros deram a vitória no segundo round ao chinês.

O roteiro se manteve no terceiro round, com o chinês mais ofensivo. O último minuto foi de trocação franca entre os dois pugilistas.

Apenas dois árbitros entenderam que Hebert foi vitorioso no terceiro round, mas a atuação lá no primeiro round contou muito a favor do brasileiro.