PUBLICIDADE
Topo

Olímpiadas: risco de tufão antecipa finais do surfe em um dia

Gabriel Medina fala após passar às quartas do surfe nas Olimpíadas de Tóquio - UOL
Gabriel Medina fala após passar às quartas do surfe nas Olimpíadas de Tóquio Imagem: UOL

Adriano Wilkson

Do UOL, em Ichinomiya

26/07/2021 07h06

Por causa da aproximação de um tufão da costa japonesa, a organização das Olimpíadas de Tóquio resolveu antecipar em um dia as finais do torneio de surfe. Agora, as últimas baterias, que aconteceriam em dias diferentes, vão todas acontecer todas no mesmo dia no Japão, mas avançando a madrugada pelo horário de Brasília.

As quartas de final começam às 19 horas (de Brasília) desta segunda-feira (26). As semifinais estão marcadas para as 23h48. A disputa de medalhas começa às 2h16 de terça-feira (27).

Disputam as quartas os brasileiros Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Silvana Lima. A gaúcha Tatiana Weston-Webb foi eliminada durante a madrugada. "Depois de uma revisão das condições climáticas para terça e quarta, foi decidida a antecipação das finais para terça [noite de segunda no Brasil]. A ordem vai começar com os homens e terminar com mulheres, seguidas das cerimônias de vitória", afirmou a organização.

O mar estava agitado na praia da cidade de Ichinomiya, a cerca 100 km de Tóquio, quando os surfistas disputaram a bateria. No começo da noite, os ventos se intensificaram. A previsão é que o tufão chegue de vez na quarta, trazendo ventos tão fortes que podem impedir a competição.

Após vencerem suas baterias, Gabriel Medina e Ítalo Ferreira já trabalhavam com a possibilidade de adiantamento.