PUBLICIDADE
Topo

Com 2,03m, Marcelo Melo ri de drama no banheiro da Vila Olímpica

Marcelo Melo no banheiro dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 - Reprodução/Instagram
Marcelo Melo no banheiro dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, de São Paulo

20/07/2021 07h36

No último domingo, logo após chegar na vila olímpica de Tóquio, o tenista russo Karen Khachanov, de 1,98m de altura, foi filmado exibindo um dilema no banheiro da vila olímpica. O atual número 25 do mundo não conseguia ficar na ponta dos pés sem encostar a cabeça no teto.

Pois nesta terça-feira foi a vez de o duplista brasileiro Marcelo Melo, de 2,03m, mostrar que seu problema é ainda maior. O mineiro de 37 anos simplesmente não consegue ficar de pé no banheiro de seu quarto. Em um post bem-humorado no Instagram, Melo, que não por acaso tem o apelido de Girafa, escreveu que o local "precisa de alguns ajustes".

O Torneio Olímpico de Tênis começa no dia 24, e Melo é candidato à medalha junto com o conterrâneo Bruno Soares. Será a terceira Olimpíada em que os dois atuarão juntos. Em Londres 2012, os mineiros foram até as quartas de final, quando foram eliminados pelos franceses Jo-Wilfried Tsonga e Michael Llodra. Na Rio 2016, a parceria repetiu a campanha, caindo nas quartas diante dos romenos Florin Mergea e Horia Tecau.

No tênis olímpico, o Brasil também tem Thiago Monteiro, que vai competir nas simples e nas duplas, ao lado de Marcelo Demoliner; Luisa Stefani e Laura Pigossi nas duplas femininas; e uma dupla mista, que deve ser formada por Soares e Stefani.