PUBLICIDADE
Topo

MMA


MMA

Com 11 kg para perder em cinco dias, Cyborg recorre até a anticoncepcionais

Cyborg comemora vitória sobre Leslie Smith na estreia no UFC - Heuler Andrey/UOL
Cyborg comemora vitória sobre Leslie Smith na estreia no UFC Imagem: Heuler Andrey/UOL

Lancepress!

19/09/2016 17h06

Campeã peso pena (66 kg) do Invicta, Cris Cyborg fará a sua segunda luta pelo UFC, em peso casado (63,5 kg), diante da estreante Lina Lansberg, neste sábado (24), em Brasília.

Em sua estreia no UFC, em maio deste ano, a curitibana lutou no mesmo peso e nocauteou Leslie Smith em apenas 91 segundos, mas um vídeo revelou os bastidores da perda de peso da atleta, onde Cyborg chega a chorar de desespero diante da dificuldade em cortar peso.

Para essa luta de sábado, a lutadora está em uma situação ainda mais delicada, conforme detalhou em entrevista ao site "MMA Fighting".

"Comecei a tomar pílula anticoncepcional. Meu corpo ficou um pouco estranho, mas confio no meu nutricionista George Lockhart. Nunca usei isso antes, mas ele disse que vai me ajudar a perder peso. Quando recebi a ligação do UFC, estava com 79 kg. Viajei com 76 kg e hoje estou pesando 74 kg. Tenho que perder 11,3 kg em cinco dias", disse Cyborg.

Presidente do UFC, Dana White já descartou a criação da categoria peso pena, onde Cris é campeã no Invicta, evento só para mulheres e parceiro do Ultimate. A lutadora se mostrou pouco empenhada em ter que passar por todo esse sofrimento novamente dentro do UFC.

"Ainda tenho três lutas com o UFC, incluindo essa. Se eu não fizer superlutas, ou não enfrentar Ronda Rousey, quero defender meu cinturão no Invicta. No UFC 198, eu estava com 69 kg na terça-feira. Hoje eu estou com 74 kg . Agora estou comendo uma maçã e sementes. Pareço um passarinho", encerrou.

MMA