PUBLICIDADE
Topo

Paris Saint-Germain

Goleiro do PSG, Navas abriga 30 refugiados da Ucrânia na própria casa

Keylor Navas deve ser um dos primeiros reforços do "novo" Newcastle - Divulgação
Keylor Navas deve ser um dos primeiros reforços do "novo" Newcastle Imagem: Divulgação

26/03/2022 12h15

Keylor Navas, goleiro do PSG e da seleção da Costa Rica, está abrigando 30 refugiados ucranianos da guerra contra a Rússia. A informação veiculada pelo jornal "Sport", da Espanha, aponta que o arqueiro comprou 30 camas que foram instaladas na sala de cinema particular da família.

Enquanto isso, a esposa do atleta estaria ajudando na preparação da comida e manutenção da casa. Ainda segundo o jornal, os refugiados faziam parte de uma caravana. Ao saber da situação dos ucranianos, Navas resolveu ajudar dando abrigo em Paris.

"Podemos ajudar essas crianças, algumas com a mãe, outras não, jovens sozinhos, apenas com suas roupas, que era a única coisa que eles podiam levar. Podemos contribuir com qualquer alimento não perecível, roupas, itens de higiene e etc.", disse a esposa do jogador no Instagram.

Conflito Ucrânia-Rússia

Desde 2014, a região de Donetsk se declarou independente da Ucrânia e por conta dos conflitos geopolíticos, o Shakhtar teve que deixar a cidade de origem e atuar em Kiev. O mesmo acontece com a região de Luhansk. Na última segunda-feira, Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu a independência das duas províncias.

No fim de fevereiro, a Rússia decidiu invadir militarmente a Ucrânia com o argumento de que está atuando em defesa das reivindicações territoriais. No entanto, há pouco esclarecimento se a nação de Putin busca apenas garantir a soberania de Donetsk e Luhansk ou se planeja se expandir territorialmente.

Paris Saint-Germain