PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Cássio admite falhas, mas fala em dedicação e desejo de jogar até os 40 anos

Cássio, goleiro do Corinthians, durante entrevista coletiva - Reprodução/YouTube
Cássio, goleiro do Corinthians, durante entrevista coletiva Imagem: Reprodução/YouTube

08/12/2021 12h06

Prestes a renovar com o Corinthians por mais dois anos, o goleiro Cássio admitiu falhas durante esta temporada, mas garante que não faltou dedicação em seu dia a dia no clube alvinegro. O arqueiro assumiu que em alguns momentos pode ter faltado concentração dentro de campo, mas afirmou que não está fora de forma.

"Pode ser, não vou discordar (concentração), às vezes é um detalhezinho que faz a diferença em defender ou tomar o gol. Todo mundo tem direito de falar e imaginar. Você pode me cobrar por achar que eu tomei gol, mas por dedicação, dia a dia, empenho a esse clube, aí é outro assunto. Não estou aqui para fazer média com ninguém, respeito a torcida do Corinthians", declarou Cássio em coletiva nesta quarta-feira (8).

Aos 34 anos, o camisa 12 acredita que pode evoluir e ajudar o Corinthians a conquistar títulos na próxima temporada. Ele quer encerrar a carreira aos 40 anos, não necessariamente no Corinthians, e se disse muito grato ao clube por tantas oportunidades.

Ainda sobre ser bastante criticado por parte da torcida, o goleiro quer se manter focado no trabalho para que 2022 seja um ano melhor, principalmente com os reforços que chegaram na janela de transferências em agosto.

"Mas também tem que ser coerente, no Brasileiro estamos entre as melhores defesas, sou o segundo goleiro que mais defendeu bolas no Brasileiro. Não sou um cara acomodado, não sou de me esconder de perguntas, tento ser o mais honesto possível. Tenho que focar no meu trabalho, fazer um ano melhor, continuar trabalhando e ajudar o Corinthians a estar entre os primeiros. Esse ano conseguiu, mas ano que vem queremos estar entre os primeiros e conquistar títulos".

Corinthians