PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Fernandes questiona expulsão de Diniz: "não participou de nada"

11/05/2021 22h30


O auxiliar técnico Marcelo Fernandes comandou o Santos na metade do segundo tempo em diante após o treinador estreante, Fernando Diniz, ter sido expulso pelo árbitro.

O cartão vermelho para Diniz ocorreu em uma confusão gerada pelo próprio juiz da partida, que deu cartão amarelo para Lucas Braga em um lance que era para ter aplicado o amarelo para Kaio Jorge. O fato gerou confusão entre integrantes dos dois bancos de reserva e Diniz acabou expulso na sequência com o técnico do Boca Juniors, Miguel Ángel Russo.

"O Diniz foi expulso injustamente, até porque ele não participou de absolutamente nada na confusão e acabou sendo expulso os dois treinadores. A confusão se deu porque um cara da comissão técnica deles falou que era cartão amarelo para o 41, o que expulsaria o Jean Mota. Aí houve a confusão e o Diniz foi expulso injustamente porque não participou de absolutamente nada", disse Marcelo Fernandes

Com a vitória por 1 a 0, o Peixe assumiu a segunda colocação de seu grupo na Libertadores, passando o Boca, e segue mais vivo do que nunca com chances de classificação para a próxima fase da competição. Expulso, Fernando Diniz não poderá comandar a equipe do banco de reservas no duelo contra o The Strongest, na próxima terça-feira, jogo que será realizado na altitude boliviana.

Futebol