PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Fifa coloca golaço de Bruno Henrique contra a LDU na briga pelo Puskás

Bruno Henrique, do Flamengo, celebra com os companheiros gol marcado sobre a LDU - Twitter Conmebol Libertadores
Bruno Henrique, do Flamengo, celebra com os companheiros gol marcado sobre a LDU Imagem: Twitter Conmebol Libertadores

06/05/2021 11h32

Classificação e Jogos

Na última terça, o Flamengo venceu a LDU por 3 a 2, em Quito, e fechou o 1º turno do Grupo G da Libertadores com 100% de aproveitamento, ou seja, três vitórias nos três jogos realizados. E um dos gols diante dos equatorianos foi uma pintura de Bruno Henrique, a qual a Fifa repercutiu em seu perfil oficial nas redes sociais, citando, inclusive, a possibilidade dele concorrer ao Prêmio Puskás - entregue anualmente ao gol mais bonito da temporada.

Na postagem, a Fifa lembra de outros astros do Flamengo que ficaram marcados por belos gols em jogos específicos, como a bicicleta de Arrascaeta contra o Ceará (2019), o popular após elástico de Romário contra o Corinthians (1999), o de falta de Petkovic diante do Vasco (2001) e os de "Zico versus todos" - em tom bem-humorado e reverenciador.

Com o último tento, Bruno Henrique assumiu a vice-liderança do ranking de artilheiros do Flamengo na história da Libertadores, com dez gols, ao todo, se juntando a Gaúcho e Tita. Já fez 22 partidas pelo clube no torneio.

Os artilheiros são Gabigol e Zico, com 16 bolas na rede em Libertadores, sendo que o camisa 9 igualou o Galinho de Quitino justamente diante da LDU - foi o autor dos outros dois gols no triunfo por 3 a 2, no Estádio Casa Blanca.

Flamengo