PUBLICIDADE
Topo

Após cinco anos, Marco Aurélio Cunha deixa a Coordenação das Seleções Femininas

02/06/2020 20h00

Nesta terça, a Confederação Brasileira de futebol (CBF) anunciou que Marco Aurélio Cunha deixou a Coordenação das Seleções Brasileiras Femininas após cinco anos. A saída foi confirmada por meio de uma nota no site oficial da entidade e ocorreu em comum acordo entre a CBF e o dirigente.

Marco Aurélio teve um papel fundamental na reestruturação e consolidação da Seleção e do futebol feminino no país. Por meio de sua coordenação, as Seleções Femininas conquistaram títulos importantes como a Medalha de Ouro nos Jogos Pan-Americanos Toronto 2015, o Torneio Internacional de Natal 2015, o Torneio Internacional de Manaus 2016, a Copa CFA da China 2017 e a Copa América do Chile 2018 com a equipe principal.

Já pela Base foram outros cinco títulos: Sul-Americano Feminino Sub-20 2015, Sul-Americano Feminino Sub-20 2018, Sul-Americano Feminino Sub-17 2018, BRICS Games Sub-17 2018 e Liga Sul-Americana Feminina Sub-19 2019.

- O Marco Aurélio fez um trabalho admirável no desenvolvimento do futebol feminino, que hoje é uma prioridade dentro da CBF. Fui testemunha de sua competência, dedicação e do seu comprometimento ao longo desses anos de convivência. Sabemos que o Marco tem outros projetos e entendemos conjuntamente que havia chegado o momento dele sair. Fica o meu agradecimento, com a certeza de que suas qualidades pessoais e profissionais ficarão marcadas na Seleção Brasileira Feminina - afirmou Rogério Caboclo, Presidente da CBF.

Futebol