PUBLICIDADE
Topo

Por 'saúde mental,' auxiliar do Verdão mantém papo frequente com elenco

27/05/2020 17h47

Sem jogar desde 14 de março e mantendo treinos assistidos à distância pela comissão técnica neste mês, por conta da pandemia do coronavírus, a saúde mental dos atletas do Palmeiras tem sido uma das preocupações, segundo Maurício Copertino. O auxiliar técnico afirma que tanto ele quanto Vanderlei Luxemburgo mantém conversas frequentes com o elenco neste momento.

- Tenho entrado muito em contato com os atletas, o Vanderlei também, para conversar, bater um papo. Sabemos que a saúde mental neste momento é fundamental. Eles são meninos. Temos muitos atletas de 22 ou 21 anos que estão iniciando a carreira, assim como jogadores experientes que também sentem - disse Copertino em uma live com a coach Amanda Ciaramicoli

Maurício Copertino chegou ao Palmeiras com Vanderlei Luxemburgo, iniciando os treinamentos em janeiro. A interrupção dos trabalhos ocorreu somente depois de 14 partidas, sendo 12 oficiais, e a comissão técnica tem utilizado a tecnologia para manter contato com os jogadores.

- Futebol é muito presencial. E está sendo muito diferente e esquisito o momento atual. É uma situação inusitada para todos nós. Ficar tanto tempo longe dos atletas, não ter esse convívio do dia-a-dia, está sendo muito diferente para mim - comentou Copertino.

- Todos nós estamos nos adaptando em relação à tecnologia, situação de estar se vendo pela internet, dos atletas treinarem em seus espaços. Realmente, é uma situação nova, na qual a gente tem tentado conversar com os atletas - prosseguiu o auxiliar.

Futebol