PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Ao contrário do Paulistão, Corinthians terá mais tempo antes do Majestoso

Calleri, do São Paulo, é marcado por Gil, do Corinthians - Marcello Zambrana/AGIF
Calleri, do São Paulo, é marcado por Gil, do Corinthians Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

19/05/2022 07h00

Classificação e Jogos

Após o empate por 1 a 1 contra o Boca Juniors, na Bombonera, o Corinthians começou a preparação para o clássico diante do São Paulo, que ocorrerá no domingo, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão. Serão quatro dias ao todo de treinos pensando no Majestoso.

Do outro lado, o Tricolor terá dois dias a menos de preparação, já que seu jogo na Copa Sul-Americana contra o Jorge Wilstermann acontece nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Morumbi. Recentemente, a situação aconteceu justamente ao contrário entre as equipes.

Na semifinal do Campeonato Paulista, o São Paulo recebeu o Corinthians no Morumbi no dia 27 de março e acabou vencendo por 2 a 1, com gols de Welington e Alisson, causando a eliminação do rival. Jô descontou.

No entanto, o Timão havia disputado as quartas de final contra o Guarani apenas três dias antes (66 horas), quando passou nos pênaltis, enquanto o Tricolor venceu o São Bernardo no dia 22, no tempo normal, ou seja, cinco dias antes.

Após a eliminação no Estadual, Vítor Pereira destacou justamente o tempo diferente de preparação e descanso entre os clubes.

"É quase impossível jogar com a intensidade que eu quero. Quero ver uma equipe com dinâmica ofensiva e que seja muito agressiva na perda de bola. Em alguns momentos essa intenção foi visível. Mas é impossível jogar em um jogo desse depois de 67 horas de recuperação. Eu não posso pedir para pressionar alto, para ter dinâmica, é humanamente impossível", analisou.

Apesar de, depois disso, o Corinthians ter tido uma semana para se preparar para seu início na Copa Libertadores, o time perdeu de 2 a 0 para o Always Ready, na altitude de La Paz. De lá para cá, porém, muita coisa mudou: o Alvinegro não perdeu mais no torneio sul-americano (são duas vitórias e dois empates) e é líder do Campeonato Brasileiro. O rodízio de jogadores também começou a ser, de fato, utilizado pelo treinador.

O Corinthians recebe o São Paulo neste domingo, a partir das 16h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela sétima rodada do Brasileiro. O Timão é o líder, com 13 pontos, enquanto o Tricolor tem 11 e é o terceiro - no meio deles há o Atlético-MG, com 12. Diante disso, a liderança do campeonato está em jogo.

Corinthians