PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo vive sua pior campanha como mandante no Brasileirão desde 2014

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

26/11/2021 06h00

Classificação e Jogos

O São Paulo segue na briga contra o rebaixamento do Brasileirão. Nesta quarta-feira, o clube ficou apenas no empate de 0 a 0 com o Athletico-PR , no Morumbi, pela 34ª rodada do torneio. E além de impedir uma alavancada da equipe na tabela de classificação, o tropeço também significou uma marca indigesta.

O Tricolor Paulista já vive a sua pior campanha como mandante no Nacional desde 2014. Na atual edição, a equipe do técnico Rogério Ceni tem o quinto pior aproveitamento jogando em casa, com 24 pontos conquistados em seu estádio. Restando apenas mais dois jogos no Morumbi até o fim da competição, contra o Sport, neste sábado, e diante do Juventude, no dia 6 de dezembro, o time só pode chegar até 30 pontos.

A última vez que o São Paulo não passou a marca dos 30 pontos sob seus domínios foi em 2013. Na ocasião, a clube somou apenas 27 pontos em 19 embates no Morumbi e terminou o campeonato com a 18ª pior campanha como anfitrião.

Desde então, o pior desempenho havia sido registrado em 2016, com 32 pontos. Já o melhor foi em 2015, com 42.

Nestes últimos dois jogos no Morumbi, portanto, o São Paulo busca pontuar para não ter uma campanha ainda pior que a de 2013 e entrar para a história do time de maneira negativa. Além disso, os compromissos são cruciais, já que são diante de concorrentes diretos contra a zona do rebaixamento.

Confira as campanhas do São Paulo como mandante no Brasileirão desde 2013

2020 - 37 pontos (quinta melhor campanha como mandante)

2019 - 36 pontos (nono melhor campanha como mandante)

2018 - 38 pontos (sétimo melhor campanha como mandante)

2017 - 35 pontos (quinta melhor campanha como mandante)

2016 - 32 pontos (12ª melhor campanha como mandante)

2015 - 42 pontos (sexta melhor campanha como mandante)

2014 - 39 pontos (sétima melhor campanha como mandante)

2013 - 27 pontos (18ª melhor campanha como mandante)

São Paulo