PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians teve sua segunda pior marca em desarmes contra o São Paulo

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

19/10/2021 07h00

Classificação e Jogos

Sylvinho ressalta, a cada entrevista, que o Corinthians não tem de ter "a cara" do técnico, e sim que manter a própria tradição. No caso do Timão, o ex-lateral esquerdo nunca deixa de mencionar a raça, a vontade que é preciso demonstrar em campo.

"Em relação a garra e raça é marca desse grupo, não vai ser difícil introduzir. Já é bom, pode ser melhor", comentou Sylvinho em sua entrevista coletiva de apresentação, em maio.

Mas, a equipe corintiana tem mostrado algo diferente no gramado. Assim como já havia acontecido na derrota para o Sport, o Corinthians voltou a ter uma atuação apática diante do São Paulo, nessa segunda, no Morumbi.

Segundo o Footstats, a equipe de Sylvinho, no Majestoso, conseguiu apenas quatro desarmes em 98 minutos. É a segunda pior marca, neste quesito, em um jogo do Campeonato Brasileiro.

Apenas o Santos, no clássico contra o Palmeiras, fez pior (3 desarmes) em 262 jogos da competição que tem 20 clubes.

O São Paulo, por outro lado, conseguiu 20 desarmes, que pese o fato de ter menos posse de bola (47.97 a 52.03).

Fábio Santos, após a derrota para o Tricolor, admitiu, principalmente, o início ruim do Corinthians contra o rival.

No próximo domingo, para recuperar a própria identidade e também reagir na competição, o Corinthians terá de vencer o Internacional, em Porto Alegre.

Corinthians