PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Sylvinho utiliza cinco substituições em apenas 31% dos jogos do Corinthians

Sylvinho, técnico do Corinthians, durante o clássico contra o São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Sylvinho, técnico do Corinthians, durante o clássico contra o São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

19/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

Na derrota por 1 a 0 para o São Paulo ontem o Corinthians terminou a partida com apenas três substituições, mesmo podendo realizar outras duas ao longo da partida no Morumbi. Poucas mexidas são uma marca do trabalho do técnico Sylvinho, que utilizou suas cinco mudanças em apenas 31% dos jogos disputados nesta temporada.

Na noite de ontem (18), Sylvinho sacou Cantillo, Gabriel Pereira e Adson e mandou a campo no segundo tempo Jô, Gustavo Mosquito e Mantuan Assim como já aconteceu em outras oportunidades no Campeonato Brasileiro, o treinador optou em não realizar as outras duas mudanças a que tinha direito, mesmo tendo que buscar o resultado no Morumbi.

Desde que assumiu o cargo, na última quinzena do mês de maio, Sylvinho esteve à frente do Corinthians em 29 oportunidades. Neste período, o treinador não apresentou um padrão claro de mudanças na equipe, tendo feito quatro substituições em dez partidas (34%), três e também cinco mexidas em nove jogos, cada (31%). No confronto diante do Juventude, na Neo Química Arena, o treinador fez apenas duas substituições.

Em entrevistas passadas, Sylvinho explicou sua conduta e disse não ver como uma necessidade realizar as cinco mudanças na equipe. O treinador também já falou em diversas oportunidades que costuma corrigir os erros do time no intervalo e, por isso, raramente o Corinthians volta para o segundo tempo com alterações em sua formação titular.

Foi o que aconteceu ontem (18), contra o São Paulo, quando o comandante ajustou o posicionamento de Adson para o segundo tempo, mas ao ver que a conversa não surtiu efeito decidiu sacar o meia-atacante e colocar Gustavo Mosquito em campo.

Corinthians