PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Corinthians define hoje o presidente que vai suceder Andrés Sanchez

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

28/11/2020 05h00

Os sócios do Corinthians vão decidir neste sábado quem será o presidente do clube pelo próximo triênio, que terá início em janeiro de 2021 e vencimento em dezembro de 2023.

Duílio Monteiro Alves, candidato lançado pela situação, Mário Gobbi Filho, que ocupou o cargo de fevereiro de 2012 a fevereiro de 2015 como representante do grupo que está no poder atualmente, mas que agora se coloca como oposição, e Augusto Melo, que também se posiciona como oposicionista, vão concorrer ao pleito.

Além da eleição para presidente, os sócios vão eleger oito 'chapinhas', cada uma com 25 membros, para o novo Conselho Deliberativo que será formado.

As votações vão acontecer no ginásio principal do Parque São Jorge, das 9h às 17h, por meio de cédulas de papel e com o acompanhamento de uma empresa de auditoria independente.

O Corinthians também prometeu instalar câmeras para filmar todo o processo e vai disponibilizar urnas especiais para associados de 60 a 79 anos de idade e àqueles acima de 80 anos de idade.

O clube vai exigir que o protocolo de prevenção ao coronavírus seja respeitado. O não cumprimento desta orientação pode impedir o sócio de votar.

Cerca de 10 mil pessoas estão aptas a comparecer nas urnas e o resultado final deve sair no início da noite.

Andrés Sanchez, atual presidente, mas que está licenciado do cargo, cumprirá seu mandato até o fim de 2020, antes de passar a bola para o seu sucessor.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol