PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cuca quer meia e centroavante no Santos; Rollo não descarta reforços

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

22/10/2020 06h00

Cuca quer um meia e um centroavante no Santos. Na visão do técnico, o Peixe precisa reforçar essas posições para se manter na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro e avançar no mata-mata de Copa do Brasil e Libertadores da América.

Cuca está satisfeito com o desempenho do atual elenco, mas se preocupa com possíveis novas perdas. Recentemente, o Alvinegro ficou sem Carlos Sánchez (cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo) e Raniel (trombose venosa profunda na perna direita).

O presidente Orlando Rollo entende a demanda da comissão técnica, mas não deixa de destacar a dificuldade financeira e a probabilidade pequena de reforçar o elenco. Alê, meia do América-MG, foi tentado recentemente.

Para contratar, o Peixe precisa fazer acordo com o Atlético Nacional, da Colômbia, por parcelas atrasadas de Felipe Aguilar num total de R$ 5 milhões. Dessa forma, o transfer ban na Fifa seria retirado, assim como com o Huachipato e Hamburgo.

"O professor Cuca precisa de reforços. Estamos num clube grande. Ele tem mais é que pedir reforço mesmo. Estamos impedidos por duas situações: pelo transfer ban e pela falta de recursos. Tirando esses processos da Fifa ou conseguindo uma operação financeira, a gente traz reforços para o professor Cuca poder ganhar a Libertadores", disse o presidente.

O único reforço recente do Santos foi Laércio, zagueiro ex-Caxias. Robinho teve contrato suspenso e Jonathan Copete não foi regularizado após empréstimo ao Everton, do Chile. No início do ano, chegaram Madson e Raniel.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol