Topo

Brasileirão - 2023

Bahia faz no fim, vence e impõe primeira derrota ao Palmeiras no Brasileiro

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/06/2023 23h29

Classificação e Jogos

O Bahia venceu o Palmeiras por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Thaciano, aos 47 do segundo tempo, marcou o único gol da partida. Ele balançou a rede pela segunda vez no torneio.

O goleiro do time da casa, Marcos Felipe, quase entregou com um frango, mas conseguiu se corrigir e tirou no limite da linha. O VAR foi acionado e verificou que a bola não entrou por inteiro.

O Alviverde segue na vice-liderança, com 22 pontos, mas perdeu a chance de dormir na liderança. O Botafogo, com 24, visita o Cuiabá amanhã (22).

Já o Bahia subiu para a 14ª colocação, com 12. A equipe voltou a vencer na competição após seis jogos.

O Palmeiras volta a campo no domingo (25) para enfrentar justamente o líder Botafogo, no Allianz Parque, às 16h (de Brasília). Já o Bahia visita o Fluminense no sábado (24), às 18h30.

Curiosidades: O time comandado por Abel Ferreira era o único ainda invicto no Brasileirão 2023. Além disso, o Bahia não vencia o Palmeiras como mandante há 34 anos, desde outubro de 1988.

Como foi o jogo

palmeiras - San Jr/Agência Estado - San Jr/Agência Estado
Endrick, do Palmeiras, tenta finalizar durante o jogo contra o Bahia, pelo Brasileirão
Imagem: San Jr/Agência Estado

O Bahia começou envolvendo o Alviverde, que se defendia da pressão em território inimigo. Os mandantes, no entanto, perderam o ímpeto após o início acalorado.

O Palmeiras reagiu e passou a se impor sobre o adversário. Os visitantes acordaram no decorrer do primeiro tempo, encurralaram o time da casa e tiveram as principais chances — mesmo sem contar com o trio da seleção.

Os comandados por Abel ficaram, duas vezes, a detalhes de inaugurar o placar antes do intervalo. Primeiro com Endrick, que não conseguiu completar um cruzamento, e depois com Artur, que quase se consagrou com o que seria um frango de Marcos Felipe.

O segundo tempo teve domínio palestrino, mas terminou com vitória do Bahia. O Palmeiras voltou dominante, mas acabou diminuindo a intensidade, e Thaciano, nos acréscimos, definiu o resultado.

Destaques

Caneta e (quase) pintura. Aos 24' do primeiro tempo, Zé Rafael venceu uma disputa por baixo contra dois adversários, aplicou uma caneta em Rezende e bateu colocado de fora da área. A bola, no entanto, saiu rente à trave esquerda.

Endrick perde gol. Aos 32', Tabata acionou Artur pelo alto, que dominou e cruzou rasteiro. Endrick chegou para completar com o gol vazio, mas Kanu dividiu no último instante e a joia palmeirense não conseguiu empurrar para o fundo da rede.

Artur insiste. Aos 38', Zé Rafael fez um lançamento da defesa e Artur avançou com espaço. Ele disparou até a entrada da área e ajeitou para a esquerda, só que finalizou caindo e mandou para fora.

Seria um frango. Aos 46', Artur recebeu pela direita, partiu para cima da marcação e bateu rasteiro. Marcos Felipe acabou deixando a bola passar por baixo dele, mas viu a trave salvar e tirou em cima da linha. O juiz não deu gol e o VAR confirmou que a bola não chegou a entrar por completo.

Palmeiras pressiona. Aos 11' da segunda etapa, Endrick desvia uma bola na área e Dudu fica com a sobra, na esquerda. O camisa 7 chutou, mas Marcos Felipe se adiantou e defendeu com o corpo, mandando a bola para a linha de fundo.

1x0. Aos 47', Cauly roubou a bola na intermediária, avançou aos trancos e barrancos e bateu cruzado de fora da área. Lomba espalmou, mas Thaciano ficou com o rebote e decretou a vitória no apagar das luzes.

Opinião dos colunistas

O 1 a 0 aconteceu porque todos os santos abençoaram o Tricolor mais uma vez e porque Veiga faz uma falta danada na criação do Alviverde. Ninguém convencerá o palmeirense que Weverton não pegaria a bola em que Lomba espalmou, embora tenha sido uma defesa difícil." Juca Kfouri

Na etapa final, o arqueiro do Bahia virou uma muralha e foi decisivo no arremate de Dudu cara a cara e contou com a sorte na finalização de Luis Guilherme que explodiu na sua trave." Luís Rosa

A derrota do Brasil para Senegal não fez mal apenas ao time canarinho. Os alviverdes que estiveram com a seleção nos dois amistosos, fizeram muita falta nesta noite na Fonte Nova, contra o Bahia." Milton Neves

O Palmeiras não jogou mal. Teve pelo menos três boas chances para abrir o marcador no primeiro tempo. Mas o jogo ficou batendo no ataque e voltando em forma de contra-ataques. O meio de campo palmeirense não teve boa jornada." PVC

Ficha técnica
Bahia 1 x 0 Palmeiras

Competição: 11ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data e hora: 21 de junho de 2023, às 21h30
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Assistentes: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha
VAR: Igor Benevenuto
Amarelos: Endrick, Vinicius Mingotti, Ademir, Gabriel Menino, Kaiky, Breno Lopes e Everaldo
Vermelhos: nenhum

Bahia: Marcos Felipe; Cicinho, Kanu, Vitor Hugo (Gabriel Xavier) e Chávez; Cauly, Acevedo, Rezende e Thaciano; Vinicius Mingotti (Everaldo) e Kayky (Daniel). Técnico: Renato Paiva

Palmeiras: Marcelo Lomba; Mayke, Luan, Gómez e Vanderlan; Zé Rafael, Gabriel Menino (Richard Ríos) e Bruno Tabata (Luís Guilherme); Artur (Giovani), Endrick (Flaco López) e Dudu (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira