PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Ceni escala São Paulo com 'força máxima' para pegar a Universidad Católica

Rogério Ceni, durante a partida do São Paulo contra o Juventude - Miguel SCHINCARIOL/São Paulo FC
Rogério Ceni, durante a partida do São Paulo contra o Juventude Imagem: Miguel SCHINCARIOL/São Paulo FC

Colaboração para o UOL, em São Paulo

30/06/2022 20h26

Classificação e Jogos

O São Paulo está escalado para enfrentar a Universidad Católica-CHI hoje (30), às 21h30, em Santiago, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Diferentemente do que fez durante toda a fase de grupos do torneio continental, o técnico Rogério Ceni leva campo o que tem de melhor e não preserva os habituais titulares no início do mata-mata.

O Tricolor, porém, foi ao Chile bastante desfalcado. Gabriel Sara (cirurgia no tornozelo direito), Alisson (entorse no joelho direito), Andrés Colorado (lesão no reto femoral direito), Caio (cirurgia no ligamento cruzado do joelho direito), Luan (cirurgia no adutor esquerdo), Arboleda (cirurgia no tornozelo esquerdo), Nikão (dores no tornozelo esquerdo), Talles Costa (entorse no tornozelo direito) e Moreira (amigdalite) não estão à disposição.

Diante de tantas baixas, Ceni montou o São Paulo com a seguinte escalação: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinícius, Igor Gomes, Gabriel, Rodrigo Nestor e Reinaldo; Calleri e Luciano.

A Universidad Católica, comandada por Arial Holan, ex-Santos, irá a campo contra o Tricolor com: Sebastián Perez; Mauricio Isla, Daniel González, Tomás Astaburuaga, Alfonso Parot e Cristian Cuevas; Ignacio Saavedra, Marcelino Núñez e Luciano Aued; José Pedro Fuenzalida e Fernando Zampedri.

O São Paulo avançou para o mata-mata ao terminar em primeiro no grupo que tinha Ayacucho-PER, Jorge Wilstermann-BOL e Everton-CHI. Já a Universidad Católica fará sua estreia na Copa Sul-Americana. A equipe foi para a competição depois de terminar em terceiro no grupo do Flamengo na Copa Libertadores. O jogo de volta da eliminatória será na próxima quinta (7), também às 21h30, no Morumbi.

São Paulo