PUBLICIDADE
Topo

Santos

Léo Baptistão releva coletiva e diz que Santos está 'fechadão' com Bustos

Cantillo desarma Baptistão, na partida entre Corinthians e Santos, pela Copa do Brasil - Marcello Zambrana/AGIF
Cantillo desarma Baptistão, na partida entre Corinthians e Santos, pela Copa do Brasil Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

27/06/2022 12h07

Léo Baptistão afirma que o elenco do Santos está "fechadão" com Fabián Bustos. O técnico balançou no cargo após a derrota por 4 a 0 para o Corinthians na última quarta-feira (22), na Neo Química Arena, pela Copa do Brasil.

Baptistão valorizou a reação do grupo ao empatar por 0 a 0 com o mesmo Corinthians no último sábado (25), também em Itaquera, pelo Campeonato Brasileiro, e relevou a forte entrevista coletiva do treinador. Bustos afirmou logo depois da goleada que estava com vergonha e que trocaria nove jogadores no intervalo se pudesse.

"Nós mesmos nos cobramos. Foi inadmissível o que fizemos na quarta-feira. A gente passou a página depois de conversar bastante no intervalo, no fim do jogo e nos treinos. Viemos dar a cara à tapa para mostrar que não somos o Santos de quarta. O clima estava horrível antes mesmo da torcida [protestar]. Nos unimos e temos que dar a volta por cima. O Santos de quarta não se deve repetir nunca. Não sabemos o que aconteceu, vínhamos trabalhando bem e estávamos motivados. Não vai se repetir", disse Baptistão, na zona mista da Neo Química Arena.

"Ele estava certo, time não estava bem. Ele também ficou chateado e de cabeça quente, ninguém esperava elogio. Ninguém ficou chateado [com a coletiva]. Estamos fechadão com o Bustos. Juntos. Mostramos isso hoje, é um grande técnico, grande pessoa e tem o grupo unido. Isso que importa. Temos demonstrado que não temos 11 titulares. É muito importante por causa do calendário. Ele fez trocas, teremos mais trocas para o próximo jogo e trabalharemos bem com certeza", completou o atacante.

O Santos voltará a campo para enfrentar o Deportivo Táchira (VEN) na quarta-feira, em San Cristóbal, pela partida de ida das oitavas de final da Sul-Americana.

Santos