PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Por reação, Flamengo tem de mudar sina e prolongar crise do rival

Dorival Junior comanda treino do Flamengo - Flickr/Flamengo
Dorival Junior comanda treino do Flamengo Imagem: Flickr/Flamengo

Letícia Marques

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

Na noite de hoje (25), às 19h, Flamengo e América-MG se enfrentam pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo marca o retorno da equipe carioca ao Maracanã, que aparece como aliado em um momento que o elenco precisa de reação para não repetir feitos recentes na competição nacional e espantar o retrospecto negativo de campanhas passadas.

A situação dos times é semelhante na tabela do Brasileirão. Ambos somam 15 pontos, apenas um a mais que o Goiás, que abre a zona de rebaixamento. O duelo é direto para fugir do Z4 e o Rubro-Negro precisa dos três pontos para respirar aliviado e aprofundar a crise do adversário.

O Flamengo conseguiu quatro vitórias, três empates e seis derrotas nestes 13 jogos do Brasileirão. Das últimas cinco partidas, quatro resultados negativos. Embora o investimento no elenco seja alto, o desempenho parecido com o time de 2015, que contava com Márcio Araújo, Jajá e Alan Patrick, conseguiu perder quatro vezes consecutivas e terminar o campeonato com 19 derrotas, na 12ª posição.

Os resultados negativos possuem um cenário parecido e, esta sina, causa indignação entre os torcedores. A derrota para o Athletico marcou a primeira vitória do adversário na competição, enquanto isso, o Botafogo venceu o Fla após dois empates, que aconteceram quase no último suspiro.

Depois, o Fla somou sete pontos em nove disputados, mas viu a sequência positiva cair ao perder, no Maracanã, para o Fortaleza, o então lanterna da competição. A derrota para o Red Bull Bragantino, que vinha de nove jogos sem vencer, resultou a demissão de Paulo Sousa.

Dorival Júnior assumiu logo na sequência e não conseguiu vencer o Internacional no Beira-Rio, sendo que a equipe ainda não tinha vencido em casa com o Mano Menezes no Brasileirão. A primeira vitória do técnico veio contra o Cuiabá, no Maracanã, mas, dias depois, perdeu para o Atlético-MG, um dos rivais na competição nacional, e garantiu uma sobrevida ao técnico Turco Mohamed.

Se contar com o jogo das oitavas da Copa do Brasil, a situação é ainda pior: cinco derrotas em seis partidas. Dorival foi o escolhido pela diretoria para fazer o elenco reencontrar o bom futebol, reverter os resultados recentes e retornar aos tempos de glória.

Com expectativa de mais de 30 mil torcedores no Maracanã, o Flamengo vai a campo para aprofundar crise no América e conta com uma marca a seu favor. São 22 anos sem perder - oito vitórias e três empates. O retrospecto a favor pode ser o primeiro passo para Dorival, que corre contra o tempo para recolar o time nos eixos.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO x AMÉRICA-MG
Competição: Campeonato Brasileiro - 14ª rodada
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Dia: 24 de junho de 2022, sábado
Horário: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)

FLAMENGO: Santos; Matheuzinho, Rodrigo Caio, Pablo, Ayrton Lucas, Gomes, Andreas, Everton Ribeiro, Arrascaeta, Gabi e Pedro. Técnico: Dorival Júnior

AMÉRICA-MG: Cavichiolli; Raul Caceres, German Conti, Éder e Marlon; Juninho, Alê e Lucas Kal; Everaldo, Felipe Azevedo e Aloísio. Técnico: Vagner Mancini

Flamengo