PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodrygo pode ser titular do Real contra o Liverpool na decisão, diz Garcia

Colaboração para o UOL, em Aracaju

27/05/2022 16h55

Em um duelo de gigantes europeus, Real Madrid e Liverpool se enfrentam amanhã na decisão da Liga dos Campeões, às 16h no Stade de France, em Paris. Os times fizeram hoje o último treino antes da partida, mas tanto Carlo Ancelotti quanto Jurgen Klopp esconderam o jogo em relação à formação das equipes que levarão a campo.

Na Live do Danilo e do Vitão, transmitida nesta sexta-feira (27) pelo UOL Esporte, o jornalista Diego Garcia, que está em Paris acompanhando in loco a decisão, informou que o brasileiro Rodrygo, herói do Real Madrid nesta edição da Champions, pode ganhar a vaga de titular no jogo decisivo contra o Liverpool. Do outro lado, o colombiano Luis Díaz também pode ganhar uma chance de Jurgen Klopp, e o volante Fabinho deve voltar à equipe após se recuperar de lesão.

"Hoje tem bastante torcedor nos arredores, principalmente do Liverpool, estamos sentindo mais aquele ambiente de final, clima de decisão. Tem uma expectativa para ver se o Fabinho vai jogar no Liverpool, que está vindo de lesão, talvez o Luiz Diaz possa ser titular no lugar do Diogo Jota, aquela expectativa para final. Os treinadores falaram, falaram, mas fugiram das perguntas de escalação."

"Eu apostaria no Fabinho jogando sim, pelo que a gente conversou com a imprensa inglesa aqui. Não só o Fabinho como o Luis Díaz também, ele sempre tem entrado bem nos jogos e é muito querido pelos ingleses, e é um caso até semelhante com o Rodrygo no Real Madrid, sempre entrando bem e fazendo gols decisivos. Os dois inclusive foram decisivos nas semifinais", continuou.

"Eu aposto no Rodrygo começando o jogo também, como uma opção do Ancelotti, e aí o Rodrygo entraria na vaga do Valverde e ficaria mais na frente com Benzema e Vinícius Júnior. Então eu faria essas três apostas, Fabinho, Luis Díaz e Rodrygo, os três sul-americanos jogando", opinou Garcia.

Tanto nas quartas de final contra o Chelsea como nas semifinais ante o Manchester City, Rodrygo saiu do banco para marcar e ser decisivo nas viradas que levaram o Real Madrid à final. Hoje, embora não seja titular da equipe, a cria do Santos é tida como o 12º jogador de Carlo Ancelotti.

No time de Rafael Reis, colunista do UOL especialista em futebol europeu e convidado especial da Live do Danilo e do Vitão para a decisão da Champions, Rodrygo também começaria jogando contra o Liverpool, embora ele acredite que Ancelotti vá repetir a estratégia que vem dando certo.

"O meu Real teria o Rodrygo, o do Ancelotti vai sem Rodrygo porque ele quer ter o Modric solto no meio de campo. A opção é o Valverde aberto pela direita para permitir que o Modric jogue solto atrás do Benzema, mas a primeira opção é a entrada do Rodrygo, que costuma decidir mais saindo do banco do que começando."

A próxima edição da Live do Danilo e do Vitão será na segunda (30). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

Futebol