PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Hulk explica vinda ao Brasil e diz que recusou proposta do Tottenham

Hulk, atacante do Atlético-MG, em entrevista ao Conversa com Bial - Divulgação
Hulk, atacante do Atlético-MG, em entrevista ao Conversa com Bial Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

26/05/2022 21h26

Classificação e Jogos

Um dos principais nomes do Atlético-MG, Hulk quase não veio para o futebol brasileiro. Em entrevista ao 'Conversa com Bial', que vai ao ar às 1h25 desta sexta-feira, o atacante revelou um convite do Tottenham antes de acertar com o clube mineiro. O desejo de atuar no Brasil foi o que motivou o jogador a dizer não para José Mourinho, então técnico do clube inglês.

Em seu segundo ano no Atlético, Hulk admitiu que "teria aceito" o convite o Tottenham, mas que o desejo de retornar ao Brasil e questões burocráticas falaram mais alto. O jogador estava longe no país há 15 anos.

"Eu recebi uma proposta de jogar na Inglaterra [time Tottenham; o convite veio pelo José Mourinho], e essa era uma que eu teria aceito, mas eu estava há muito tempo sem jogar no Brasil e não poderia entrar num outro time na Europa. Os advogados até tentaram uma brecha, mas não foi possível. Voltar para o Brasil, para mim, é viver uma readaptação [...]. E no futebol a coisa é imediatista, você precisa provar hoje. Mas eu amo futebol, me cobro muito, e amo ser cobrado também", falou o atacante.

O programa trará momentos importantes de Hulk no futebol, como a passagem pelo Zenit. Comprado por 60 milhões, o brasileiro admitiu que deixou os demais integrantes da equipe "enciumados".

"Rolou uma ciumeira, fazia gol e eles não comemoravam, pensei até em desistir porque eu queria ser feliz. Até que o Putin comentou, ele disse o quanto era importante nossa contratação para o futebol Russo, então decidimos ficar. O primeiro ano não foi fácil, mas depois foi emocionante", contou.

Hulk ainda lembrou sobre a passagem pelo Kawasaki Frontale, do Japão, em 2005: "Sofria muito, chorava, mas pensava 'não posso voltar para casa, porque se eu voltar não conseguirei dar uma vida melhor aos meus pais".

O programa da Globo trará outro temas, como o marcante 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil na semifinal da Copa do Mundo de 2014, e a dificuldade do Campeonato Brasileiro.

Atlético-MG