PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mano Menezes explica ausência de De Pena entre os titulares do Inter

Carlos de Pena começou no banco de reservas, mas mudou jogo contra o Cuiabá - Ricardo Duarte/Inter
Carlos de Pena começou no banco de reservas, mas mudou jogo contra o Cuiabá Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegrte

22/05/2022 14h22

Classificação e Jogos

Depois do empate em 1 a 1, ontem (21), com o Cuiabá, Mano Menezes explicou a ausência de Carlos de Pena no time que começou o jogo. Segundo o treinador, era necessário preservar o meio-campista, que entrou no segundo tempo e melhorou o rendimento do Inter.

"Ele se tornou um jogador importante a tal ponto que tivemos que cuidar dele um pouco. Deixamos ele fora porque senão acabamos perdendo um jogador que já foi para uma série alta de partidas", disse o treinador.

Mano ainda citou outros jogadores que estão em uma sequência dura de jogos e logo poderão precisar descansar.

"Temos outros casos assim e vamos vendo que se repetir o time muitas vezes, o rendimento acaba caindo porque os jogos são muito duros. O Wanderson já teve mais dificuldades no jogo, o Bustos também tem uma série muito grande", contou.

O treinador ainda afirmou que pensou em começar a partida com Heitor na direita, mas optou por Bustos para não mexer mais uma vez no time e passar a mensagem de que o jogo não seria tão importante.

Em relação ao time considerado titular hoje em dia, quatro atletas foram preservados no início contra o Cuiabá: De Pena, Renê que está entregue ao DM mas deve voltar contra o 9 de Octubre, Dourado e Bruno Méndez.

Internacional