PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão diz que Veiga merecia uma chance na seleção: 'no lugar do Coutinho'

Colaboração para o UOL, em Aracaju

11/05/2022 16h41

O técnico Tite divulgou hoje (11) a penúltima convocação da seleção brasileira antes da Copa do Mundo. O Brasil se prepara para os amistosos contra Coreia do Sul, no dia 2 de junho, em Seul, e contra o Japão, no dia 6, em Tóquio. A principal novidade da lista foi o volante Danilo, do Palmeiras, que ganhou sua primeira chance na reta final da corrida ao Mundial do Qatar. Mas a ausência de outro jogador do Verdão, Raphael Veiga, também deu o que falar.

Na Live do Danilo e do Vitão, transmitida pelo UOL Esporte toda segunda, quarta e sexta às 15h, os jornalistas Danilo Lavieri, Vitor Guedes e Igor Siqueira debateram a lista de convocados de Tite, que chamou 27 jogadores ao todo. Na opinião de Vitão, Raphael Veiga vem jogando em alto nível com regularidade e deveria receber uma chance do treinador da seleção.

"Na coletiva, o Tite deixa claro, embora eu não concorde, que Neymar é o cara que joga atrás do camisa 9, então em tese o Veiga briga com Coutinho como reserva do Neymar."

"O Veiga estaria na minha lista, acho um erro não convocá-lo, mas há uma diferença entre ser um erro e um crime contra o futebol. Não é um crime deixá-lo fora, mas acho insano com o número de testes que foram feitos ele nunca ter tido nenhuma chance, na comparação com Coutinho eu levaria o Veiga", opinou Vitão, que destacou ainda a tranquilidade e a categoria do meia do Palmeiras.

"O futebol inglês tem mais nível, mas não quer dizer que todo mundo que está lá tem que estar na seleção. Até como critério de desempate, o Veiga tem uma coisa que eu gosto, além do talento que ele tem, bate pênalti na final no Mundial de Clubes, faz o gol contra o Flamengo na final da Libertadores, como se fosse um jogo pequeno no interior de São Paulo", acrescentou o colunista do UOL.

Setorista da seleção brasileira, Siqueira explicou os motivos pelos quais Tite preferiu chamar Coutinho em vez de dar uma primeira chance à Raphael Veiga. Segundo ele, faltam poucos jogos para a Copa, o grupo já está quase fechado e a ausência de Veiga não é absurda, apesar da qualidade do meia palmeirense.

"Faz parte do que ele vem fazendo. Dentro de uma coerência mínima do trabalho do Tite, olhando para o que ele tem na posição específica, Coutinho e Paquetá, e ele trabalha com o Neymar por ali também, não vejo como nada absurdo deixar o Veiga fora da lista a esta altura. Com poucas partidas pela frente, o grupo está quase fechado."

"O Paquetá tem muito a entregar e o Coutinho tem a confiança do treinador, o Veiga é um ótimo jogador, brilha no Palmeiras, é decisivo, faz golaços, mas o que o Tite imagina na seleção e o nível de enfrentamento com as seleções europeias, talvez apostar nesses jogadores do mercado europeu faça mais sentido do que no Veiga", completou.

A próxima edição da Live do Danilo e do Vitão será na sexta (13). Você pode acompanhar a live pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

Futebol