PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos acerta com o técnico argentino Fabián Bustos para substituir Carille

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

23/02/2022 21h04

O Santos acertou a contratação do técnico argentino Fabián Bustos, do Barcelona de Guayaquil (EQU), para substituir Fabio Carille.

Bustos tem 52 anos e vivia o sonho de trabalhar no futebol brasileiro, o 'maior da américa do Sul" no seu entendimento. Sua comissão técnica no Barcelona tinha cinco profissionais: os auxiliares Lucas Ochandorena e Segundo Alejandro Castillo, o preparador físico Marco Conenna, o preparador de goleiros Carlos Caicedo e o analista de vídeo Jonathan Mejía. O Peixe ainda definirá quem virá com Fabián.

Fabián Bustos abriu mão de valores devidos pelo Barcelona em premiação para sair. O Santos não precisará gastar com a multa rescisória de cerca de R$ 650 mil. O Peixe deve trocar minutas do contrato amanhã (24) para poder anunciar o novo comandante.

Em entrevista ao UOL Esporte antes mesmo do Santos oficializar a proposta, Bustos falou sobre a expectativa de comandar o Peixe.

"Fico muito feliz pela projeção de uma possibilidade como essa no melhor futebol do continente. Uma empresa no Brasil está trabalhando há um tempo por uma oportunidade para mim", falou o argentino.

Bustos é formado na Associação dos Técnicos do Futebol Argentino e tem licença profissional pela Conmebol. Ele foi jogador profissional revelado pelo San Lorenzo e ainda atuou pelo Nacional (URU), Lanús, Belgrano, Morón, Antoniana, Tucumán, Cipoletti, Jorge Wilstermann (BOL), Deportivo Quito, Macara, Manta e Saquisilí (EQU) e de volta à Argentina no Porvenir e Estudiantes.

Como técnico, começou a carreira como auxiliar do Sarmiento e continuou na função no Porvenir e Acasusso, da Argentina. Como treinador de fato, iniciou no Equador pelo Manta e seguiu no país por Deportivo Quito, Imbabura, Universitário, Macará, Manta novamente, Portoviejo, Delfín e por fim o Barcelona de Guayaquil.

Bustos foi campeão da Série B e da Série A pelo Delfín, além de uma Copa do Equador. Pelo Barcelona, foi novamente campeão nacional. Ele foi eleito melhor técnico do Equador em 2019 e 2020.

Seu currículo apresentado ao Santos tem as seguintes informações:

  • Utiliza sistemas como o 4-2-3-1 | 4-3-3 | 4-3-1-2;
  • Equipe "polifuncional", com bastante versatilidade e rotações;
  • As variações ocorrem de acordo com o adversário, a localidade e também com o momento técnico de seus jogadores;
  • Busca o jogo ofensivo. As equipes costumam marcar muitos gols e sofrem poucos - forte jogo tático;
  • Muita mobilidade no ataque, com chegada de muitos jogadores;
  • Realiza triangulações e profundidade dos laterais;
  • Utiliza a "pressão alta" sobre os adversários (ainda no campo rival) e rápida recuperação ao defender.
A expectativa do Santos é ter a estreia de Fabián Bustos contra o Novorizontino no domingo, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Campeonato Paulista.

Futebol