PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Marcos Leonardo detalha 'ajuda' por renovação: 'Quero ser ídolo do Santos'

Marcos Leonardo e Ricardo Goulart em treino do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Marcos Leonardo e Ricardo Goulart em treino do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Lucas Musetti Perazolli

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

26/01/2022 04h00

Classificação e Jogos

Marcos Leonardo só tem 18 anos, mas participou da difícil negociação com o Santos para renovar o contrato até 31 de dezembro de 2026.

As tratativas entre o Peixe e os representantes do atacante duraram um ano. Nesse meio-tempo, o atacante mudou de empresário e o clube trouxe o executivo Edu Dracena. O papo só foi esquentar em dezembro.

O estafe de Marcos Leonardo tentou blindar o Menino da Vila, mas ele estava ansioso e não se contentou apenas em treinar e jogar.

"Fiquei bem feliz pelo fim da novela. Eu estava um pouco agoniado, é normal. Ainda bem que as coisas se resolveram. Sempre quis ajudar o Santos, então fico feliz. Foi muito difícil, mas deu certo e chegamos em um consenso", disse Marcos Leonardo, em entrevista ao UOL Esporte.

"Eu sou novo, mas sempre estava junto e sempre dando a minha opinião. Meu objetivo foi ficar no Santos. Sempre falei isso para o meu estafe. Com bom senso, conseguimos isso. Meu objetivo agora é ser ídolo do Santos e chegar na seleção principal", completou.

Durante o processo, o centroavante precisou ser forte para continuar nas redes sociais. Ele recebeu diversas críticas antes do acordo sair e não respondeu aos torcedores. Essa foi uma instrução da família para não dificultar ainda mais a negociação com o Santos.

"Graças a Deus sou bem instruído pelos meus pais e meu estafe para aguentar quieto as críticas e só trabalhar. E eu sempre fui tranquilo com rede social. Evito muito de postar alguma coisa, principalmente durante a negociação. Agora está tranquilo, mil maravilhas e que continue assim. Meu objetivo sempre foi ajudar o Santos. Quando pude entrar, ajudei o Santos nos jogos contra Fortaleza, Internacional e Flamengo para sairmos da situação difícil e eu dei conta do recado", lembrou o jovem, que fez quatro gols em três jogos na reta final do Campeonato Brasileiro e sacramentou a permanência na primeira divisão.

Projeto

Marcos Leonardo afirma que não tem pressa para jogar na Europa. A ideia dele é só sair do Santos quando estiver pronto para chegar e ficar no exterior.

Antes, o sonho do atacante é representar o Peixe na seleção brasileira principal após diversas convocações na base.

"Sou muito, só tenho 18 anos. Não tenho pressa de chegar na Europa, não mesmo. Quero chegar da melhor forma possível, naturalmente, sendo depois de cinco, três ou um ano. O Edu (Dracena) conversou muito comigo, sempre com pensamento positivo e dizendo que cada um tem seu momento na vida. Se Deus quiser o meu vai chegar", projetou.

"Meu objetivo é ser ídolo do Santos, fazer muitos gols e ganhar títulos. E um dia representar o Santos com a camisa 9 da seleção brasileira principal. Não posso prever o meu futuro, mas o objetivo é esse. Tomara que seja o mais rápido possível", emendou.

Número da sorte

Marcos Leonardo foi surpreendido pelo Santos ao saber que trocaria de numeração. Com contrato renovado, ele deixou a camisa 36 e reencontrou a 9, sua companheira desde o início na base do Peixe.

Léo Baptistão, antigo 9 do Santos, aceitou a troca e ficou com a 92 para 2022.

"Fiquei muito feliz. Uma alegria imensa. Fiquei surpreso quando o presidente me contou. Desde os 13 anos jogo com a camisa 9. Me sinto pronto e quero honrá-la como muitos ídolos honraram, como Serginho Chulapa e Ricardo Oliveira", afirmou o garoto. "Agradeci ao Léo pela camisa. Ele é sensacional, sem palavras".

2022 diferente

Marcos Leonardo estreou como jogador profissional do Santos em 2020, com 17 anos, e terá nesta temporada o status de titular pela primeira vez.

O camisa 9 do Peixe treina no 11 inicial de Fabio Carille e estará na equipe para enfrentar a Internacional de Limeira hoje (26), fora de casa, pela primeira rodada do Campeonato Paulista.

"Santos tem alguma coisa que todo mundo sobe muito rápido (risos). Fui um deles e aprendi muito jogando e nos treinos. Tive uma experiência muito boa, e a expectativa é a melhor possível para essa temporada. Quero fazer muitos gols e assistências para ajudar o Santos a voltar a ser campeão", imaginou o atacante.

Dupla promete

Ricardo Goulart ainda não foi regularizado, mas nos treinamentos o técnico Fabio Carille já testa o meia-atacante ao lado de Marcos Leonardo.

E o centroavante está animado com a chegada do camisa 10. A expectativa do Santos é ter Goulart à disposição contra o Botafogo, sábado (29), na Vila Belmiro.

"O Ricardo Goulart é sensacional. Experiente, jogou em clubes grandes e vai nos ajudar muito. Veio para somar e vai nos ajudar demais mesmo. Tenho certeza que essa dupla vai dar certo. Vamos dar muitas alegrias à nação santista", falou Marcos Leonardo.

"A expectativa é a melhor possível. Nós trabalhamos muito forte para chegar bem na estreia. Chegaram reforços para nos ajudar e estamos muito competitivos. Se Deus quiser vamos bater campeão nesse Paulistão", concluiu o camisa 9.

Futebol