PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Burlá: 'Pablo pode ser trunfo no mercado para São Paulo minimizar prejuízo'

Do UOL, em São Paulo

26/01/2022 18h53

A novela em torno da situação de Pablo continua rendendo capítulos no São Paulo. Fora dos planos do clube, o atacante se encaminha para rescindir seu contrato com o Tricolor. A expectativa é de que haja um acordo ainda nesta semana, com o acerto da forma de pagamento das dívidas que a equipe do Morumbi tem com o atleta.

Na Live Especial do UOL Esporte, os jornalistas Danilo Lavieri e Leo Burlá comentaram sobre a situação de Pablo e sua despedida do São Paulo. Ambos veem o atacante, marcado no Tricolor por perder gols em momentos decisivos, com chances de dar a volta por cima em sua carreira e voltar a se destacar por outra equipe.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

"O Pablo poderia render, sim. O São Paulo tem uma moeda na mão e poderia tentar fazer negócio e reaver parte do que gastou. Acho que o Pablo interessaria para muitos clubes", afirmou Burlá. O atacante é a contratação mais cara da história do Tricolor, que pagou 7 milhões de euros ao Athletico em uma negociação fechada no fim de 2018.

Lavieri vê uma chance pequena de o São Paulo recuperar uma fatia substancial do que investiu no jogador. "Pode reaver uma parte e ter um descontinho do que pagou", disse o colunista do UOL. "O prejuízo já está contratado. Agora é ver o que se salva", acrescentou Burlá.

Pablo esteve perto de deixar o São Paulo em duas ocasiões nesta janela. Na primeira, o Ceará se interessou em contratá-lo, mas desistiu das negociações ao ficar sem uma resposta do jogador por sua proposta. Pouco depois, em episódio semelhante, o Santos também se retirou das conversas. Há a possibilidade de o atleta retornar ao Athletico, pelo qual se destacou.

Burlá destacou que Pablo, por motivos irônicos, sempre é lembrado pela torcida do Flamengo. "Sinceramente, acho talvez que o Pablo tenha sido superestimado. A torcida do Flamengo brinca muito com essa situação. Pouco antes da turma do [Rodolfo] Landim [presidente do Flamengo] assumir, o Pablo foi o primeiro nome que pintou como reforço do time. O São Paulo levou e ficou aquela brincadeira sadia do 'chapéu'. Dois, três depois, o nome do Gabigol surgiu", completou, citando o atacante que se tornaria um dos principais ídolos recentes da história rubro-negra.

Não perca! A próxima edição da Live Especial do UOL Esporte será nesta quinta-feira (27), às 17h (horário de Brasília), com a análise das últimas novidades do mercado da bola. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol