PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Arnaldo: veto de Abel a Endrick no Mundial tem recado à gestão do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

25/01/2022 04h00

Torcedores do Palmeiras se empolgaram com as atuações e os gols de Endrick, camisa 9 do time na Copa São Paulo. Foi inevitável. Alguns até esperavam que o garoto de 15 anos pudesse ser um dos escolhidos para integrar o elenco que vai ao Mundial de Clubes em fevereiro, mas o técnico Abel Ferreira descartou a possibilidade. Para o português, a essa idade, seria mais indicado que o garoto pensasse em uma viagem para a Disneylândia.

No podcast Posse de Bola #196, Arnaldo Ribeiro afirma que a declaração do técnico do Palmeiras também tem um recado para a diretoria a respeito do centroavante que ele espera já há bastante tempo, mas que ainda não foi contratado.

Ouça também o boletim do Posse com Arnaldo e Tironi; exclusivo na Apple Podcasts

"Nem titular efetivo do time de base ele é ainda, ele tem entrado durante os jogos, teve covid durante a Copa São Paulo, tem um monte de situações, mas eu acho que o recado do Abel na frase é: 'Preciso de um jogador para o comando de ataque, vocês não venham inventar que um menino de 15 anos camisa 9 na Copa São Paulo é a solução para o ataque do Palmeiras', que só contratou o Rafael Navarro", diz Arnaldo.

"Esse foi um pedido do Abel lá atrás, a Leila chegou a prometer um centroavante e o Palmeiras não conseguiu contratar um antes do Mundial. Então, nessa questão dos reforços, os recados que o Abel manda aconteciam durante a gestão anterior, do Galiotte, e agora eu acho que também tem uma mensagem por trás dessa frase em relação ao Endrick", completa.

Em relação ao Mundial de Clubes, o jornalista afirma que a ausência de Weverton e Gustavo Gomez nas primeiras rodadas do Paulista, devido aos jogos das seleções de Brasil e Paraguai nas datas Fifa, é um obstáculo. Ainda mais pensando que o time deve jogar pouco no retorno das férias, enquanto Monterrey e Chelsea estão mais avançados em termos de entrosamento antes da viagem para Abu Dhabi.

"(Contra o Novorizontino) foi o único teste com esse time porque vai ter a data Fifa quer a gente tanto ama de seleções, o Weverton vai para a seleção brasileira, o Gustavo Gomez para a paraguaia, os caras só vão se reunir de novo lá no Mundial. Enquanto isso, os outros times, o Monterrey está fazendo o seu terceiro ou quarto jogo pelo Campeonato Mexicano, tem um time forte, e o Chelsea, que tem aquela turbulência toda, venceu o Tottenham com um novo sistema de jogo, passou a jogar de novo com dois zagueiros", diz Arnaldo.

"Tem muito tempo até os confrontos do Mundial, tem jogos desses times até lá e o time que menos vai jogar até lá é o Palmeiras. Talvez faça falta um pouco mais de jogo e de ritmo para o Palmeiras, que recém estreou na temporada. Mas que esse time que jogou em Novo Horizonte e jogou em Montevidéu é forte, é. Se é suficiente para vencer o Mundial, eu tenho minhas dúvidas, esse Mundial é bem complicado, bem difícil e o caminho do Palmeiras é difícil", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol