PUBLICIDADE
Topo

Técnico do Palmeiras na Copinha diz que Abel acertou em fala sobre Endrick

Endrick, do Palmeiras, comemora após marcar golaço em partida contra o Oeste na Copinha - FERNANDO ROBERTO/ESTADÃO CONTEÚDO
Endrick, do Palmeiras, comemora após marcar golaço em partida contra o Oeste na Copinha Imagem: FERNANDO ROBERTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Santos (SP)

24/01/2022 12h48

O técnico Paulo Victor aprovou os comentários de Abel Ferreira sobre o atacante Endrick, de 15 anos, que disputa amanhã (25) a final da Copinha com o sub-20 do Palmeiras contra o Santos, às 10h, no Allianz Parque. O português rechaçou a possibilidade de levá-lo ao Mundial de Clubes, que acontece no próximo mês.

O português que comanda o time profissional do Verdão afirmou que o mais indicado para Endrick seria uma viagem à Disneylândia, por conta da idade.

"Não chegamos a conversar sobre isso. Atribuo muito mais ao externo do que ao interno. É um menino de 15 anos que tem muita coisa pela frente ainda. Está muito focado dentro da competição, dentro do nosso compromisso aqui desde o dia 5 de janeiro. É dessa forma que tratamos e com certeza o Abel foi muito feliz nas palavras e nas considerações que fez", afirmou Paulo Victor, em coletiva na manhã de hoje (24) na Federação Paulista de Futebol.

O treinador comemorou o fato de atuar no Allianz Parque e com a presença do seu torcedor. Para ele, o fato é importante na formação dos atletas.

"Jogar do lado do nosso torcedor é sempre muito bom, muito importante. Valida muito a formação dos atletas essa convivência com nosso torcedor e torcida em geral. Pudemos ter grandes experiências dentro da competição, na final do paulista. É sempre um prazer. Isso favorece demais a formação de grandes atletas que é o objetivo principal do clube neste momento", disse.

Entrar para a história

Para Pedro Bicalho, capitão do time na competição, vencer a final diante do rival e conquistar o título inédito para o clube alviverde é mais que um sonho: é entrar para a história.

"O grupo está tratando isso da melhor forma possível, ter o apoio da torcida é sempre bom. Estamos focados para se Deus quiser entrar para a história do clube. É um sonho como pessoa também. Um sonho, um objetivo. Se Deus quiser vai dar certo".