PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Lavieri: 'Palmeiras está tranquilo com assédio europeu sobre Endrick'

Do UOL, em São Paulo

24/01/2022 19h00

Com apenas 15 anos, Endrick se tornou o grande destaque da Copa São Paulo de Futebol Júnior. O jovem ganhou os holofotes com seus gols, em especial a bicicleta de fora da área na partida contra o Oeste. O ótimo desempenho do garoto animou a torcida, que sonha em vê-lo entre os profissionais, mas também chamou a atenção de clubes europeus.

Na Live Especial do UOL Esporte, o jornalista Danilo Lavieri falou como o Palmeiras tem encarado o assédio em torno de sua jovem promessa. O colunista do UOL destacou que o clube alviverde se mantém tranquilo, mesmo com o crescente interesse em cima do jogador.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

"Um jogador dessa idade surgindo na Copinha entra na pauta de qualquer time grande. É absolutamente normal. A questão é como o Palmeiras vai lidar com essa guerra dos grandes para contratá-lo. Os mais citados são Manchester City, Real Madrid, Barcelona, Liverpool. São os mesmos que vieram atrás do Vini Júnior, Gabriel Jesus e do Reinier. São jogadores que surgem acima da média e já são diretamente contratados por estas equipes", disse Lavieri.

O colunista do UOL explicou os motivos pelos quais o Palmeiras está calmo com a situação do jovem atacante, mesmo com tanta gente de olho nele. "O Palmeiras fica nessa expectativa, mas está em um momento muito seguro. E por que não se preocupa? Para o mercado nacional, há uma proteção do contrato de formação. Caso o Endrick sofra com o assédio, seria uma multa gigantesca para assinar com outra equipe. E Lembrando que ele não pode assinar contrato profissional com o Palmeiras por ter 15 anos. A partir dos 16, ele já poderia assinar esse vínculo profissional, que muda normalmente aos 18", disse.

Lavieri mostrou como o Palmeiras ainda deve contar com Endrick nos próximos anos. "A partir dos 18, os clubes da Europa poderiam contar com o garoto. Ou há outra alternativa: um time de fora vem, acerta com o Palmeiras, contrata o jogador e o deixa atuando por aqui até os 18. Ou ainda poderia levá-lo para a Europa, mas ele só treinaria por lá. Por isso, o Palmeiras não se preocupa com esse assédio todo ao Endrick", analisou.

Enquanto isso, os palmeirenses precisam se acostumar com as especulações em torno do futuro do garoto e com as notícias elogiosas da imprensa europeia. "Os jornais europeus o compararam inicialmente a Vinícius Júnior. Para mim, é mais parecido com Romário ou Ronaldo. Não digo de qualidade e que terá o mesmo sucesso. Não é esse o sentido da comparação, mas dentro de campo ele tem uma posição mais parecida com a do Ronaldo e do Romário. Um faro de gol e um jeito de finalizar muito parecido com o dos dois", concluiu Lavieri.

Não perca! A próxima edição da Live Especial do UOL Esporte será nesta terça-feira (25), às 17h (horário de Brasília), com a análise das últimas novidades do mercado da bola. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol