PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Perrone: Corinthians parece disco riscado com Cavani e Suárez e não resolve

Do UOL, em São Paulo

10/01/2022 16h17

Não é novidade que a maior prioridade do Corinthians no mercado da bola é contratar um centroavante de peso. As especulações em torno de Edinson Cavani, Luis Suárez e Diego Costa agitaram o noticiário, mas o que era uma empolgação inicial se tornou uma novela arrastada. Enquanto o Timão está há vários dias sem definir se chegará o sonhado camisa nove, seus rivais se mexeram e reforçaram seus elencos.

Na Live do Corinthians, programa do UOL Esporte com todas as novidades do Timão no mercado da bola, os jornalistas Ricardo Perrone e Rodolfo Rodrigues compararam a atuação do clube do Parque São Jorge com a de seus arquirrivais na janela de transferências. Eles demonstraram apreensão pela insistência do Timão na questão do centroavante, mas com avanços muito pequenos. Enquanto isso, Palmeiras e São Paulo já acertaram a chegada de vários reforços.

  • De segunda a sexta, às 17h, o Canal UOL traz, ao vivo, as últimas informações do mercado da bola. Inscreva-se no YouTube de UOL Esporte e confira também as lives dos clubes, Posse de Bola e UOL News Esporte:

"Uma coisa que deixa o torcedor corintiano preocupado é que os rivais estão agindo. O Palmeiras resolveu algumas coisas pontuais e também está atrás de um nove de mais peso. O São Pauo se movimentou bastante para cobrir seus buracos. E o Corinthians, tenho a impressão de que parece um disco riscado e fica lá no Cavani, Cavani, Cavani. Aí dá um pulo na agulha e vai para Suárez, Suárez, Suárez. E não resolve", destacou Perrone.

Para Rodrigues, o Corinthians está perdendo tempo no mercado ao focar em apenas uma posição. "Analisando as opções do mercado brasileiro, são poucos os centroavantes. O Corinthians teria que fazer alguma aposta, pegar alguém que foi bem no Brasileirão e um jogador mais jovem. Outros times saíram na frente. O Palmeiras buscou o Rafael Navarro, que se destacou pelo Botafogo na Série B. Era um jogador pelo qual o Corinthians poderia entrar na briga. O Inter buscou um jogador experiente lá fora, o Wesley Moraes", disse, citando os atacantes contratados há pouco tempo por Verdão e Colorado.

Perrone frisou que o Timão poderia buscar outras opções para reforçar seu ataque enquanto tenta um nome de peso. Uma estratégia necessária para não ficar de mãos vazias caso o "nove galáctico" não chegue. "Rafael Navarro seria uma alternativa. É uma aposta. Mas o parceiro que vai ajudar a trazer o camisa nove quer um jogador de peso. Não adianta ser um cara mais jovem; ele quer barulho. O Corinthians pode fazer seu corre paralelo. Deixa o patrocinador ajudar, traz alguém bombástico, mas traz alguém em paralelo", disse o colunista do UOL.

Rodrigues alertou para o perigo que o Corinthians corre se falhar nessa tentativa insistente de trazer um atacante de renome "O Corinthians fica nessa promessa de pegar um nome forte no mercado para criar impacto gera uma certa expectativa. Se fechar com um centroavante que não é tão badalado, talvez crie um problema com a torcida. Todo mundo esperou Cavani e Suárez e, se acertar com outro, talvez não seja tão atraente para os torcedores", destacou.

O colunista do UOL concluiu seu raciocínio com um recado ao clube do Parque São Jorge. "Falta realmente ao Corinthians procurar melhor no mercado, tanto possíveis jogadores jovens aqui como na América do Sul que estejam se destacando. E não ficar apenas em Cavani e Suárez", finalizou.

Não perca! A próxima edição da Live do Corinthians será na próxima segunda-feira (17), às 14h (horário de Brasília), com a análise dos principais destaques do Timão no mercado da bola. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do Corinthians no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no YouTube.

Futebol