PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Menon: "É para o São Paulo se preocupar. Joga bem e não vence"

Do UOL, em São Paulo

25/11/2021 04h00

O fantasma do rebaixamento continua rondando o Morumbi. Nesta quarta-feira (240, o São Paulo ficou no 0 a 0 com o Athletico, frustrando os mais de 43 mil torcedores que foram à casa são-paulina. O Tricolor criou várias chances, mas novamente pecou nas finalizações. Pelos problemas apresentados diante do Furacão, o clima é mesmo de apreensão.

Na Live do São Paulo, programa do UOL Esporte após os jogos do Tricolor, os jornalistas Marcelo Hazan e Menon debateram sobre a situação são-paulina na luta contra o rebaixamento. Para eles, o torcedor tem motivos para se preocupar, mas o time deve as salvar da queda para a Série B.

"É para o São Paulo se preocupar. Joga bem e não consegue vencer. Quando joga mal, perde. É complicado. São 42 pontos, mas ainda bem que está acabando. Se vencer Sport e Juventude em casa, o São Paulo vai escapar, sim. Também temos que lembrar que há muitos jogos ali por baixo, como Bahia x Grêmio. Isso é uma coisa boa para o São Paulo, e é o pouco que dá para se tirar hoje [ontem]", analisou Menon.

Hazan usou os números para mostrar a superioridade do Tricolor em campo, e como este domínio não se traduziu em uma vitória tranquila. "No total, foram 20 finalizações para o São Paulo e duas no gol. Ou seja, 10% das finalizações foram no alvo. A posse de bola foi 71% a 29%. Impressionante. Esses números chamam muito a atenção. Talvez por esse cansaço do título da Sul-Americana o Athletico tenha adotado essa postura mais conservadora, mas o São Paulo perdeu uma boa chance de praticamente sacramentar essa luta contra o Z-4", avaliou.

Menon demonstrou sua preocupação com o atual momento do São Paulo. "Talvez fosse mais otimista dizer que o time jogou bem e vai continuar assim, e vai vencer. Realmente jogou bem; mas se joga bem e não ganha, fico mais preocupado do que feliz", lamentou o colunista do UOL.

Hazan pegou outros dados para explicar como o São Paulo está em situação delicada no Brasileirão. "São 26 gols pró, o que explica muito dessa fase ruim. Está empatado com o Atlético-GO, entre os piores do campeonato. O São Paulo também tem 15 empates, um número altíssimo. Só não empatou mais do que Cuiabá e Ceará, ambos com 16. Essas duas coisas explicam porque, na 34ª rodada, o time ainda está olhando com algum receio para a zona de rebaixamento", colocou.

Menon ressaltou que Rogério até fez várias mudanças para dar mais qualidade ofensiva à equipe, mas não obteve um resultado satisfatório. "No primeiro tempo, o São Paulo esteve em um 4-3-3 com a impetuosidade do Marquinhos ali pela esquerda, mas faltava uma definição melhor na hora do cruzamento. O Rogério Ceni trocou a impetuosidade pela clarividência do Benítez e ela apareceu na segunda metade do segundo tempo. Tentou de um jeito, tentou de outro, tentou com quatro zagueiros no começo e com três no segundo. E não deu certo de jeito nenhum", finalizou.

Não perca! A próxima edição da Live do São Paulo será no sábado (27), logo após a partida contra o Sport pelo Brasileirão. Você pode acompanhar o programa pelo Canal UOL, no app Placar UOL, na página do São Paulo no UOL Esporte ou no canal do UOL Esporte no Youtube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol