PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Joshua Cavallo diz temer jogar Copa do Catar após assumir ser gay

Joshua Cavallo revelou ter medo de jogar o mundial no Catar - Divulgação
Joshua Cavallo revelou ter medo de jogar o mundial no Catar Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

09/11/2021 11h00

Classificação e Jogos

Joshua Cavallo, lateral australiano, confessou ter medo de jogar a Copa do Catar após se assumir gay. O jogador é o único em atividade a declarar-se abertamente como um homem gay e afirmou que sonha em disputar o mundial no ano que vem, mas teme sofrer represálias por sua orientação sexual.

"Um dos maiores sonhos de todo jogador de futebol é representar seu país em uma Copa do Mundo. Mas li que no Catar, pessoas LGBTQ+ podem receber pena de morte, então não sei se me sentiria seguro de estar ali", explicou Joshua ao podcast 'Guardian's Today in Focus'.

Assim como a Rússia, sede da última Copa do Mundo, o Catar também é um país em que a homossexualidade é considerada ilegal e pode causar prisão de até 3 anos. De acordo com levantamento da ILGA World de 2019, o Catar é o segundo país asiático mais perigoso para pessoas LGBTQIA+.

"Saber que este é um país que não apoia os gays e coloca nossas vidas em risco, me assusta e me faz reavaliar. Minha vida é mais importante do que fazer algo realmente bom na minha carreira?", completou o lateral.

A seleção da Austrália disputa as Eliminatórias Asiáticas da Copa e está em 2º lugar no grupo B, com 9 pontos. Os australianos entram em campo na quinta-feira (11), em confronto direto com a Arábia Saudita pela liderança do grupo.

Futebol