PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Diniz fala que Vasco tem de pensar em 2022 e promete: "Vai voltar"

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/11/2021 19h18

Após a goleada sofrida por 4 a 0 para o Botafogo, o técnico Fernando Diniz praticamente jogou a toalha em relação ao acesso do Vasco à Série A do Brasileiro.

O técnico evitou em falar sobre sua continuidade no clube, disse que o momento não é propício para essa discussão, mas ressaltou que o clube precisa planejar 2022.

"As chances matemáticas praticamente não existem. Não é o momento de falar sobre isso mas o Vasco vai ter de começar a pensar no ano que vem. O futebol tem coisas que escapam ao nosso controle. Eu vim para cá com um desejo muito grande. Não vim para a Série B, vim para o Vasco. Não faltou vontade e interesse. O Vasco vai voltar para a Série A. A torcida está triste com todo direito", disse Diniz, que acrescentou:

"Vejo muitos acertos do presidente Jorge Salgado. Os clubes que fizeram a lição de casa fizeram por esse mesmo caminho. Tenho muita convicção que ele vai entregar o Vasco melhor".

O diretor Alexandre Pássaro também veio a público e evitou expor os jogadores nesse momento. O executivo falou que não quer ser parte do problema e deixou em aberto a continuidade de seu trabalho:

"Não quero ser parte do problema. Até o último jogo, não abro mão de permanecer com as pessoas que querem o bem desse projeto. A partir daí, sei o entendimento for de que os projetos estão se distanciando e não se convergindo, sou o primeiro a renunciar. Se não houver interesse na continuidade, serei o primeiro a reconhecer meus erros e abro mão de qualquer papel. É um dia muito triste para a gente, uma frustração do tamanho da frustração da torcida. A gente praticamente não conseguiu o objetivo, mas não foi por falta de amor e dedicação total.".

Na quarta (10), os vascaínos recebem a visita do Vitória, 21h30, em São Januário. A equipe está a oito pontos do G-4 e restam quatro partidas para acabar a competição.

Vasco