PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Adversário do Atlético-MG, Cuiabá virou pedra no sapato de times do G6

Cuiabá surpreendeu Palmeiras, no 1º turno, e o Flamengo, no 2º, no Brasileirão - Pedro Souza/Atlético-MG
Cuiabá surpreendeu Palmeiras, no 1º turno, e o Flamengo, no 2º, no Brasileirão Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

23/10/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Atlético-MG lidera o Campeonato Brasileiro com boa folga na ponta da tabela — soma dez pontos a mais que o vice Flamengo. Apesar da gordura que tem, o Galo trabalha para não vacilar e desperdiçar pontos importantes, como aconteceu na semana passada, quando perdeu para o Atlético-GO. Contra o Cuiabá, amanhã (24), às 16h, no Mineirão, o time de Cuca vai em busca da recuperação para tentar aumentar ainda mais a distância sobre os demais concorrentes ao título.

No primeiro turno do Brasileirão, o Atlético-MG venceu o Cuiabá, fora de casa, pelo placar mínimo (1 a 0), em um jogo de muita dificuldade imposta pelo anfitrião. E nem só pelo ferrolho defensivo do Dourado que o Galo precisará ficar atento. O adversário sugere atenção por ter tirado pontos importantes dos integrantes do G6 atuando como visitante

Em seu primeiro ano na Série A, o Cuiabá arrancou pontos de Flamengo (2º colocado), Palmeiras (3º), Fortaleza (4º), Red Bull Bragantino (5º) e do Internacional (6º). Contra o Rubro-Negro carioca o time mato-grossense já fez dois jogos, perdendo no primeiro turno e empatando sem gols no segundo — na rodada anterior, no Maracanã.

No total foram sete pontos conquistados em cima dos seis primeiros colocados da tabela. O curioso é que toda essa pontuação foi construída longe da Arena Pantanal. Destaque para a vitória por 2 a 0 em cima do Palmeiras, no Allianz Parque.

"Sabemos que agora cada jogo é uma decisão. Cada jogo se torna mais importante. Agora na Copa do Brasil tivemos um resultado muito bom [4x0 no Fortaleza, na ida da semifinal], considerável, mas sabemos que ainda faltam 90 minutos e a nossa equipe adversária é muito forte nos seus domínios. A gente não pode entrar como se tudo tivesse sido definido. Muito pelo contrário. Para não ter o tropeço igual na Libertadores. No Brasileiro, a gente tem um jogo muito complicado. Uma equipe [Cuiabá] que gosta de dificultar jogando fora de casa, que vem em uma crescente muito boa, que nós possamos entrar com a determinação para que a gente dê sequência e para apagar a última rodada com derrota", disse o zagueiro Réver.

Surpresa contra grandes

Nem só os primeiros colocados perderam pontos para o Cuiabá. Grandes equipes, mas que passam por situações difíceis no momento, também. Como São Paulo (12º), Grêmio (19º), Fluminense (8º) e Santos (15º).

O Tricolor Paulista não conseguiu vencer o Cuiabá neste ano na Série A. A equipe do Morumbi empatou duas vezes com o Dourado. Já o Grêmio venceu a partida do primeiro turno, mas empatou em Porto Alegre pelo duelo válido pela segunda metade da competição. Mesma situação do Fluminense, que venceu o primeiro confronto, mas empatou o segundo. O Santos enfrentou o Cuiabá apenas uma vez e levou a pior: perdeu por 2 a 1 na Arena Pantanal.

"Precisamos entender o que somos. Não adianta tirar os pés do chão e ficar pensando em Libertadores. Esquece, esquece. O que eu e todos no clube queremos é a permanência. Quando chegarmos a 45 pontos, vamos em busca de outras coisas. Se deixarem a gente chegar na Sul-Americana, maravilhoso, se deixarem Libertadores, é sonho", explicou Jorginho, técnico do time do Centro-Oeste.

Cuiabá contra o G6:

Cuiabá 0 x 2 Flamengo
Cuiabá 0 x 1 Atlético-MG
Bragantino 1 x 1 Cuiabá
Inter 0 x 0 Cuiabá
Palmeiras 0 x 2 Cuiabá
Fortaleza 0 x 0 Cuiabá

Flamengo 0 x 0 Cuiabá (segundo turno)

Cuiabá contra outros grandes

Primeiro turno
Fluminense 1 x 0 Cuiabá
Cuiabá 0 x 1 Grêmio

São Paulo 2 x 2 Cuiabá
Cuiabá 1 x 2 Corinthians
Cuiabá 2 x 1 Santos

Segundo turno
Cuiabá 2 x 2 Fluminense
Grêmio 2 x 2 Cuiabá
Cuiabá 0 x 0 São Paulo

Atlético-MG