PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Abel isenta atletas, assume culpa por derrota e elogia torcida do Palmeiras

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/10/2021 00h03

Nem mesmo os gritos de 'time sem vergonha' após o apito final diminuíram os elogios do técnico Abel Ferreira para a torcida do Palmeiras. Após sua primeira partida com a presença de público no estádio, o comandante fez questão de destacar o apoio vindo das arquibancadas na derrota por 4 a 2 para o Bragantino neste sábado (9).

"É um momento de raiva, de dor para quem gosta do Palmeiras. Mas é isso que quero dos nossos torcedores, que nos apoiem durante o jogo todo e nos cobrem após o final, se o resultado não for do agrado. A torcida apoiou sempre sua equipe, durante os 90 minutos. Não foi por eles que não tivemos força para buscar o resultado. Cometemos erros. É aceitar a cobrança, trabalhar, analisar e fazer mais e melhor", declarou.

Durante toda a entrevista coletiva, o comandante ressaltou o empurrão do torcedor e fez questão de destacar a entrega de seus jogadores. Além de aceitar as críticas, Abel evitou citar falhas individuais dentro de campo e fez questão de assumir a culpa pelo tropeço na 25ª rodada do Brasileiro.

"Eu sou o maior culpado. Eu escolho os jogadores que acho melhores. Então, os erros deles são os meus. Assumo inteira responsabilidade. Eles tentaram, deram o melhor, mas o maior responsável sou eu", disse.

"A rapaziada lutou, criou e foi penalizada demais pelos erros que cometemos. Ainda tentamos ir atrás, fizemos um gol até os 15 do segundo e entramos no jogo outra vez [com o 3 a 2], tivemos a chance de fazer 3 a 3. Tivemos ainda três bolas na trave, o goleiro adversário também fez três grandes defesas... Precisamos fazer mais, melhor e estar todos juntos, nos bons e nos maus momentos. Ainda temos uma Libertadores para lutar e conquistar. São erros que não que não se podem cometer e o primeiro gol é um espelho disso. Apesar das ausências, temos que fazer mais e melhor", completou.

Confira as demais respostas da coletiva

Influência da torcida no jogo

Posso dizer que essa torcida ganha jogos. Com ela empurrando como fez hoje, mesmo com 3 a 0 contra, ela ganha jogos. Se conseguirmos rapidamente ter a equipe top, é uma torcida que empurra e ajuda. Não tenho dúvidas. Eles sentiram que nossos jogadores tentaram e deram o melhor que sabiam. Depois no fim, sim, cobraram. Não merecíamos outra coisa diferente do que foi. Eles tentaram, se esforçaram, mas cometemos erros que não podemos e, portanto, fica o registro.

Críticas da torcida

Aceito as críticas, não fizemos um bom jogo, mas volto a dizer que eles deram tudo, não posso dizer que não se esforçaram. Cometemos erros infantis, que não se pode cometer. Volto a repetir, o que houve de positivo no jogo foi o apoio da torcida até o último minutos e eles cobraram bem no final do jogo.

Conquistar o Brasileiro ainda é possível?

Tenho que ser realista, não posso vender sonhos. Quando se vê um Atlético-MG fortíssimo, sem facilitar nada e um Flamengo também fortíssimo... Nós estamos em um mau momento. Há muito jogo pela frente e temos que lembrar que temos um jogo no dia 27 e estes jogos do Brasileiro, é o que nos vai preparar para lá. Apesar das ausências, vamos trabalhar para fazer mais e melhor. Somos o Palmeiras, jogue quem jogar, mais jovens, mais experientes, é o Palmeiras que joga e quem entra precisa ter responsabilidades.

Palmeiras