PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Tamires diz que título brasileiro sobre Palmeiras teve 'gostinho melhor'

Tamires elogia estrutura do Corinthians e diz que título sobre Palmeiras tem "gosto melhor" - Reprodução/SporTV
Tamires elogia estrutura do Corinthians e diz que título sobre Palmeiras tem 'gosto melhor' Imagem: Reprodução/SporTV

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/09/2021 16h10

Classificação e Jogos

Campeã brasileira pelo Corinthians, Tamires admitiu que a conquista sobre o rival Palmeiras, ontem, em casa, teve um "gostinho melhor".

Convidada do "Seleção SporTV", Tamires afirmou que a final do Campeonato Brasileiro contra o rival "foi ainda mais motivador" para a equipe. O Corinthians venceu os dois jogos da final, sendo o primeiro no Allianz Parque, por 1 a 0, e o segundo na Neo Química Arena, por 3 a 1.

"Mexeu com a rotina da gente. Jogar um Dérbi, estando em São Paulo, uma final de Brasileiro, envolve muita coisa. Foi ainda mais motivador para gente. Mexe nesse lado mais emocional. Acho que ganhar do Palmeiras deixa um gostinho melhor", disse a lateral alvinegra, que também exaltou a estrutura do clube:

"Acho que o departamento de futebol do Corinthians se tornou referência. Acho que é por isso que o Corinthians consegue se manter. Isso é muito trabalho. Acho que o Corinthians não deve nada para os times da Europa. Isso faz com que a gente dentro de campo consiga jogar um futebol com muita intensidade e ser referência a cada dia mais", completou.

Tamires ainda destacou o legado que a atual geração do futebol feminino deixa para as novas jogadoras no que diz respeito a estrutura e campeonatos.

"Quando eu olhar para trás e lembrar de tudo que foi construído, de como a gente começou e de tudo que a gente conquistou, e deixar todo esse legado para as meninas novas, que estão vindo com muito mais estrutura. A gente só tem que ficar orgulhosa de tudo que estamos vivendo e construindo. Vou olhar para trás com muita gratidão", refletiu a lateral.

Mesmo assim, Tamires vê o futebol brasileiro abaixo do praticado em alguns países europeus, como França e Inglaterra.

"A gente tem alguns passos a dar para que a gente possa alcançar essa questão tática e física que as meninas de alguns países da Europa destoam", avaliou.

Corinthians