PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Cuca reclama de jogos adiados por causa da seleção: 'respeitar as datas'

Cuca não gostou da mudança no calendário do Brasileirão por causa de jogos da seleção brasileira - Pedro Souza/Atlético-MG
Cuca não gostou da mudança no calendário do Brasileirão por causa de jogos da seleção brasileira Imagem: Pedro Souza/Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

26/09/2021 00h02

Classificação e Jogos

Ao empatar em 0 a 0 com o São Paulo na noite de hoje (25), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG chegou aos 46 pontos e aumentou sua distância na liderança para o segundo colocado, o Palmeiras, que tem 38. Em um bom momento na temporada, o Galo vê a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) adiar jogos de equipes que tiveram jogadores selecionados para partidas das Eliminatórias da Copa de 2022. E isso desagrada ao técnico Cuca.

Logo após o empate com o Tricolor Paulista, o treinador alvinegro criticou a decisão da CBF em mudar as datas de jogos do próprio Atlético-MG, que teve o lateral esquerdo Guilherme Arana convocado, do Internacional [Edenilson], Palmeiras [Weverton] e Flamengo [Everton Ribeiro e Gabigol], que também tiveram jogadores selecionados pelo técnico Tite.

"A coisa que mais quero é que as datas sejam respeitadas, que chegue dia 5 de dezembro e acabe o campeonato. Nós, há um tempo atrás, poderíamos não ter jogado e esperado os selecionáveis voltar. A gente não fez isso, nós jogamos. Acho que o campeonato não precisaria ser interrompido neste momento, teria que ser dada continuidade, pois não existem só duas ou três equipes, quatro, tem mais 16, que de repente perdem o momento bom que vivem", opinou Cuca.

Três partidas do Galo serão alteradas. O Atlético-MG jogaria contra a Chapecoense [6/10, em Chapecó], Ceará [9/10, no Mineirão] e Santos [dia 13 ou 14/10, também no Mineirão] entre a 24ª e a 26ª rodadas do Brasileirão. Por causa das partidas do Brasil contra Venezuela [7/10], Colômbia [10/10] e Uruguai [14/10] os confrontos da equipe mineira serão remarcados pela CBF.

"É assim. Eu entendo que se a gente puder seguir o campeonato, não quero ser antipático e desagradável com ninguém, é a minha opinião. A gente tem que respeitar as datas, porque vai passar, não tem como adiar agora três rodadas e acabar dia 5 [de dezembro]. Vai acabar dia 15, e o ano que vem o calendário espetado, que já foi espetado neste ano. Neste ano era 30 de janeiro e estava jogando a final da Libertadores. Já perdeu-se um mês, aí vai entrar o processo de não ter 30 dias de férias, e uma coisa vai acumulando em cima da outra", completou a crítica o treinador atleticano.

O Atlético-MG já teve um jogo adiado no Brasileiro por causa de convocação do técnico Tite. A partida entre Galo e Grêmio, que aconteceria no dia 5 de setembro, válida pela 19 rodada, acontecerá apenas no início de novembro, no dia 3, às 21h, no Mineirão.

Atlético-MG