PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Hulk perde pênalti e diz: 'o culpado pelo empate fui eu. Viemos para jogar'

Hulk, do Atlético-MG, antes de perder pênalti contra o Palmeiras, pela Libertadores - Staff Images / CONMEBOL
Hulk, do Atlético-MG, antes de perder pênalti contra o Palmeiras, pela Libertadores Imagem: Staff Images / CONMEBOL

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

21/09/2021 23h48

Classificação e Jogos

Artilheiro do Atlético-MG na temporada, com 21 gols marcados, o atacante Hulk acabou desperdiçando aquela que foi a melhor chance do Alvinegro de derrotar o Palmeiras no primeiro jogo das semifinais da Libertadores. Nesta terça-feira (21), o paraíbano perdeu pênalti sofrido por Diego Costa no empate sem gol no duelo disputado no Allianz Parque.

Ciente do erro e chamando a responsabilidade para si, Hulk destacou a força do Atlético-MG fora de casa e o controle da partida, mesmo atuando longe de seus domínios.

"A gente fica feliz pelo futebol apresentado. Mostramos que viemos para jogar, mesmo sabendo da dificuldade de enfrentar o Palmeiras e no gramado sintético, no qual não estamos acostumados. Viemos com maturidade, assumindo a responsabilidade. O principal culpado fui eu por ter perdido o pênalti, mas sabemos que acontece.

Agora é focar. Sábado já temos um jogo importante (Brasileirão) e na terça vamos decidir neste jogo de volta com a presença da torcida, para alcançar nosso objetivo que é a final da Libertadores", destacou o atacante.

"A gente conhece bem o Palmeiras, são muito fortes nos contra-ataques, mas trabalhamos muito bem. Nossa equipe se portou muito bem", acrescentou.

Sobre a penalidade desperdiçada, Hulk voltou a ser questionado após o apito final. Tranquilo, o experiente atacante de 35 anos sabe que haverá em Belo Horizonte mais uma batalha, na qual ele pode escrever história diferente.

"Só erra quem bate. A gente é profissional e responsável para assumir um erro desse. É apenas o primeiro jogo e agora teremos a presença da nossa torcida. Somos muito fortes com eles e vamos buscar o grande objetivo", finalizou.

Atlético-MG e Palmeiras voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (28), no Mineirão. Assim como hoje, a bola também rola a partir das 21h30 (de Brasília). Em caso de novo empate sem gol, a vaga na decisão será definida nas penalidades máximas; empate com gols dá a vaga aos paulistas.

Antes, os mineiros retornam a São Paulo, onde encaram o Tricolor de Crespo no sábado (25), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 45 pontos, o Galo é líder isolado da competição mais importante do país.

Atlético-MG