PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Grêmio vê Campaz em adaptação e não dá prazo para entrada no time

Lucas Uebel/Grêmio
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

17/09/2021 04h00

A ausência de Jaminton Campaz nos dois jogos mais recentes do Grêmio e a declaração de Felipão, dizendo que o meia-atacante é "muito novinho", viraram os holofotes para a situação do colombiano contratado em agosto. Reforço mais caro da história do clube gaúcho, o camisa 7 não tem atuado por conta do desempenho no dia a dia, segundo apurou o UOL Esporte. A adaptação à vida em Porto Alegre e ao futebol brasileiro tem sido gradativa.

Aos 21 anos, Campaz custou cerca de R$ 21 milhões aos cofres do Grêmio. O contrato dele vai até 2025 e foi assinado após uma negociação cheia de idas e vindas com o Deportes Tolima, da Colômbia.

Segundo relato de bastidores, Campaz não apresenta nenhum ato de indisciplina. Tem sido profissional desde o primeiro dia, mas nos treinos está abaixo do esperado. A leitura é que o colombiano ainda está entendendo aspectos do jogo, diferentes na comparação com a Colômbia. A intensidade dos treinamentos é um dos pontos citados.

Em alguns poucos treinos, Jaminton Campaz ainda ficou devendo na parte técnica. A ressalva é para o fato de o jogador viver a primeira experiência fora do país de origem, tendo chegado no meio da temporada, com jogos sucessivos, sem tempo adequado para se enturmar.

Em contraste, surgem os comentários sobre atributos físicos. Campaz é elogiado pela força física e explosão.

Jaminton Campaz estreou pelo Grêmio entrando no segundo tempo do jogo contra o Flamengo, partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Um dia depois de ser apresentado oficialmente pelo clube gaúcho. No jogo seguinte, o meia-atacante foi titular diante do Corinthians e saiu na etapa final. Nos jogos com Ceará, pelo Campeonato Brasileiro, e Flamengo, pela Copa do Brasil, o camisa 7 ficou no banco de reservas sem ressalvas médicas. Ou seja, não entrou por opção de Luiz Felipe Scolari.

A ideia para os próximos dias é dar tempo ao meia-atacante para evoluir na adaptação ao Brasil e as rotinas do Grêmio. Sem pressa.

O Grêmio volta a campo diante do Flamengo, de novo, mas desta vez pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida acontece no domingo (19), no Maracanã.

Futebol