PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Após quase dois meses, Grêmio vive expectativa por retorno de zaga ideal

Pilar de conquistas do Grêmio, Geromel (e) e Kannemann (d) podem jogar juntos de novo - Lucas Uebel/Grêmio
Pilar de conquistas do Grêmio, Geromel (e) e Kannemann (d) podem jogar juntos de novo Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

11/09/2021 20h00

Classificação e Jogos

Geromel e Kannemann jogaram juntos pela última vez há quase dois meses. A dupla de zaga ideal do Grêmio, pilar das conquistas recentes do time, pode voltar a proteger a meta azul, branca e preta amanhã (12), contra o Ceará, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Justo no momento em que relembrar osc momentos de glória é tão necessário.

Não épreciso forçar muito a memória para recordar os títulos do Tricolor. Copa do Brasil (2016), Libertadores (2017), Recopa Sul-Americana (2018) e mais uma série de Estaduais puxam a fila de taças erguidas nos últimos anos. Todas com participação fundamental do par de zagueiros que pode voltar ao time agora.

Ter fresco na lembrança as glórias da equipe é importante quando a fase mudou. O time de Felipão luta desde o início do Brasileirão contra a zona de rebaixamento. Precisa urgentemente de vitórias que possibilitem deixar o grupo dos que estariam sendo rebaixados.

Geromel e Kannemann jogaram juntos pela última vez em 20 de julho, contra a LDU, pela Sul-Americana. Há exatos 54 dias. Foram apenas 11 jogos juntos nesta temporada, oito deles pelo Brasileirão.

No campeonato, com Geromel e Kannemann em campo houve uma vitória, três empates e quatro derrotas. O Tricolor marcou três gols e sofreu sete.

Individualmente, 2021 também não tem sido a melhor temporada de nenhum deles. O brasileiro de 35 anos esteve em campo em 24 partidas, e o argentino de 30 soma apenas 14 participações.

Grêmio e Ceará jogam na Arena do Grêmio amanhã (12), às 11h (de Brasília).

Grêmio