PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Braz reclama de possível nova data Fifa: "Outra vez Flamengo desfalcado"

Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo - Alexandre Vidal/Flamengo
Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

05/09/2021 17h40

Tão logo a partida entre Brasil e Argentina, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, foi suspensa após intervenção da Anvisa, Marcos Braz, vice-presidente de Futebol do Flamengo, demonstrou preocupação quanto ao fato de ser necessária uma nova data Fifa.

Para os duelos com o Chile, Argentina e Peru, o técnico Tite convocou dois jogadores do Rubro-Negro: o meia Everton Ribeiro e o atacante Gabigol.

"Partida suspensa. Caso tenha que ter a partida, teremos outra data FIFA, outra vez Flamengo desfalcado", publicou, em uma rede social.

"Torcer para não ter de fato esse jogo", completou.

O duelo entre Brasil e Argentina aconteceria nesta tarde, na Neo Química Arena, mas foi suspenso após poucos minutos. Em comunicado, a Conmebol informou que "por decisão do árbitro da partida, o encontro organizado pela Fifa entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo fica suspenso". A entidade sul-americana acrescentou que o "árbitro e o delegado da partida levarão um informe à Comissão Disciplinar da Fifa, a qual determinará os passos a seguir".

A Conmebol disse, ainda, que "esses procedimentos obedecem estritamente aos regulamentos atuais. As Eliminatórias para a Copa do Mundo é uma competição da Fifa. Todas as decisões relativas à sua organização são de competência exclusiva da instituição".

O intuito da Anvisa, ao parar o jogo, foi impedir que os quatro jogadores argentinos que vieram da Inglaterra — o goleiro Emiliano Martínez, o zagueiro Cristian Romero, o volante Lo Celso e o meia-atacante Emiliano Buendía — disputassem o confronto. Diante da intervenção com a bola rolando, a seleção argentina deixou o campo e foi para o vestiário.

Flamengo