PUBLICIDADE
Topo

Santos

Diniz revela testes com Balieiro no Santos e o elogia: "Tem treinado bem"

Vinicius Balieiro em ação pelo Santos contra a Juazeirense - Ivan Storti
Vinicius Balieiro em ação pelo Santos contra a Juazeirense Imagem: Ivan Storti

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

06/08/2021 04h00

Classificação e Jogos

O técnico Fernando Diniz tem promovido testes com Vinicius Balieiro no Santos. Apesar de ser um volante de origem, o jovem jogador também está atuando como lateral e zagueiro nas atividades no CT Rei Pelé.

Ontem (5), na derrota por 2 a 0 para a Juazeirense, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, Diniz saiu em defesa de Balieiro, que atuou na defesa, e entende que ele não foi um dos que influenciou no resultado.

Aliás, mesmo perdendo em Juazeiro, o Santos avançou às quartas de final da competição devido a vantagem que obteve na Vila Belmiro em vitória por 4 a 0. O adversário será definido hoje, em sorteio às 15h, na sede da CBF.

"Depois que as coisas acontecem é fácil, mas Balieiro tem treinado muito bem. Lateral, volante que é a posição original e zagueiro. Não tivemos problema especificamente na posição do Balieiro, onde jogaria o Robson. Uma bola cruzada em contra-ataque no gol, com Robson ou Balieiro não aconteceria nada diferente, e no segundo cabeceio metade do time saiu, outros ficaram e deram condição no segundo gol. Não teve a ver com Balieiro. E o cabeceio no segundo tempo foi erro individual, que o jogador se libertou e cabeceou sozinho. Fora essas três, não tivemos mais problemas. E nem foi por causa do Balieiro na zaga. Pelo contrário", disse.

"O time de fato jogou mal o primeiro tempo, abaixo obviamente do que esperávamos. Mas não é determinante, não vou avaliar jogador algum por 45 minutos. Estavam treinando bem e tinham condição de jogar melhor. Na sequência, com outras oportunidades, jogarão melhor que no 1º tempo", acrescentou.

Agora o Peixe vira a chave e voltar a se concentrar no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso está agendado para domingo (8), em clássico contra o Corinthians, às 16h, na Vila Belmiro, pela 15ª rodada da competição.

Diniz pretende contar com Marinho para o duelo, mas o atacante segue como dúvida após sentir um desconforto na coxa. Ele segue tratando e deve ficar à disposição.

O Alvinegro praiano é o oitavo colocado na tabela do Brasileirão, com 19 pontos. Vale lembrar que o time de Diniz terá vantagem com o clássico em casa, já que dos 21 jogos como mandante o Peixe venceu 13, empatou cinco e perdeu apenas três.

Santos