PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Juca Kfouri: O São Paulo é o clube brasileiro mais ameaçado na Libertadores

Do UOL, em São Paulo

16/07/2021 15h18

Classificação e Jogos

Na primeira semana de jogos pelas oitavas de final da Libertadores e da Sul-Americana, nenhum clube brasileiro perdeu, com vitórias fora de casa de Flamengo, Fluminense e Palmeiras na Libertadores, que teve empates de Atlético-MG e Internacional como visitantes, mas o São Paulo ficou no 1 a 1 com o Racing no Morumbi, que dá ao time argentino a vantagem do empate sem gols para avançar às quartas de final.

No podcast Posse de Bola #143, Juca Kfouri analisa os resultados dos clubes brasileiros nas duas competições continentais nos jogos de ida das oitavas de final e destaca o bom desempenho, apesar de fazer alerta sobre o São Paulo, clube que o jornalista considera com a situação mais complicada.

"De fato, de todos, o que está em uma situação mais delicada é o São Paulo, que vai ter que buscar uma vitória ou um empate com gols para poder levar para pênaltis ou se classificar direto contra o Racing, não vai ser fácil. É o clube brasileiro maios ameaçado", afirma Juca.

O jornalista afirma que o desempenho dos brasileiros surpreende pelo fato de apenas dois dos que jogaram pela Libertadores ou Sul-Americana atuaram em seus estádios, casos de São Paulo e Santos, enquanto nos demais jogos foram seis vitórias e dois empates de brasileiros que foram visitantes, considerando que o ritmo de jogo pelo fato de o futebol brasileiro não ter parado durante a Copa América pode ter sido um diferencial.

"Desempenho surpreendente dos brasileiros, exatamente pelo fato de a maioria ter jogado fora de casa, é isso mesmo, eu acho que prevalecem os nossos times que têm maior investimento, chamo a atenção também para a bela vitória do Bragantino por 2 a 0 sobre o Independente Del Valle, que tem sido um problema para os clubes brasileiros", diz Juca.

"O fato é que temos que levar em consideração também que boa parte dos adversários estava fora de regime por causa da pandemia, por causa do calendário, por causa das datas Fifa, em que nesses países o futebol para durante a Copa América, isto também foi um fator do qual se aproveitaram os times brasileiros, principalmente os que jogaram contra os argentinos", completa.

Embora destaque os resultados e a possibilidade de que todos os clubes brasileiros se classifiquem nos dois torneios internacionais, Juca afirma que o desempenho não foi tão animador, citando decepção com Flamengo e Palmeiras, considerando que eles não tiveram boas atuações em suas vitórias sobre Defensa y Justicia e Universidad Católica.

"Está sendo realmente uma semana surpreendente, embora o futebol apresentado nem sempre tenha agradado. O Fluminense agradou boa parte do jogo, o Palmeiras não agradou nem um pouco, a meu ver foi beneficiado por uma arbitragem danosa, porque aquilo não foi pênalti nem aqui e nem em lugar nenhum do mundo, o Flamengo também decepcionou, deixou muito a desejar, não fosse o Michael, o cruel, estaríamos ainda mais ácidos em relação ao Flamengo, mas como vivemos sob o resultadismo, deste ponto de vista não há o que reclamar", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol