PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo anuncia demissão de Rogério Ceni

Do UOL, em São Paulo

10/07/2021 03h30

O Flamengo anunciou na madrugada de hoje a saída de Rogério Ceni do comando técnico da equipe profissional. A decisão foi comunicada às 02h46 pelo perfil oficial do clube no Twitter, após um encontro entre o presidente Rodolfo Landim, o vice de futebol, Marcos Braz, e o diretor Bruno Spindel. O comunicado também informa que a equipe será comandada pelo técnico Maurício Souza, das categorias de base, no confronto de amanhã contra a Chapecoense.

Ceni deixa o clube na 12ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 12 pontos ganhos em 8 jogos, e classificado para as oitavas de final da Libertadores da América. No comando do Flamengo desde novembro do ano passado, o técnico conquistou o Campeonato Brasileiro 2020, a Supercopa do Brasil 2021 e o Campeonato Carioca 2021.

"O Clube de Regatas do Flamengo informa que não continuará com Rogério Ceni à frente do time principal. O clube agradece pelos serviços prestados e deseja sucesso nos próximos desafios", anunciou o Flamengo.

A diretoria rubro-negra já vinha avaliando outros nomes antes mesmo da demissão de Rogério Ceni, mas não há consenso em torno de nenhum. Técnico desempregado mais badalado na praça, Renato Gaúcho agrada a alguns, mas está muito longe de ser unanimidade. Em 2019, o profissional esteve próximo de um acerto, mas optou por ficar no Grêmio, o que "queimou seu filme" com alguns rubro-negros.

Fato é que o clube não vivia um ambiente turbulento como este há tempos. Com poucas vitórias em campo, as crises crescem fora dele e expõem as divisões existentes entre dirigentes e funcionários.

Irregular no Brasileirão e vendo a taça cada vez mais de longe, o Flamengo entra em campo amanhã para encarar a Chapecoense, às 18h15 (de Brasília), no Maracanã. Já na próxima quarta-feira (14), a equipe rubro-negra enfrenta o Defensa y Justicia (ARG), em jogo válido pelas oitavas de final da Libertadores.

Time demitiu analista após críticas a Ceni

Ontem (9), um áudio vazado do analista de mercado Roberto Drummond caiu como uma bomba no CT e resultou em sua demissão. Drummond chamou Ceni de "pessoa ruim" e detonou o agora ex-técnico rubro-negro.

O conteúdo sacudiu o clube e revoltou conselheiros, diretores e outros vice-presidentes, que se incomodaram com tamanha exposição.

Em pleno ano eleitoral, o Fla também vive dias complicados em sua política interna e Landim tenta fazer malabarismos para não perder a direção.

Flamengo