PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

RMP: "Elenco do Atlético-MG é melhor do que o do Palmeiras"

Do UOL, em São Paulo

05/07/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Palmeiras venceu o Sport por 1 a 0 neste domingo (4), na Ilha do Retiro, e está a apenas dois pontos do Red Bull Bragantino, líder isolado do Brasileirão. Apesar dos bons resultados, a equipe alviverde ainda convive com críticas sobre seu desempenho.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Renato Maurício Prado, Mauro Cezar Pereira e Milly Lacombe - os comentaristas analisaram o estilo de jogo do Palmeiras. Embora não gostem tanto do que veem em campo, eles reconhecem a eficiência da equipe.

Renato vê Palmeiras e Atlético-MG à frente dos demais concorrentes principais ao título do Brasileirão e comparou as duas equipes. "O Palmeiras está na melhor colocação entre os chamados candidatos ao título. Acho o elenco do Atlético-MG melhor do que o do Palmeiras, mas também é outro time irregular. O Cuca não definiu uma maneira do Atlético jogar. Considero os dois cabeça a cabeça, com uma certa vantagem do Atlético", analisou.

O estilo de jogo palmeirense não encanta Milly, mas ela reconhece que a equipe vai brigar pela taça do Brasileirão. "Tem a melhor situação, o elenco mais diverso e um treinador que sabe usar esse elenco. A gente pode questionar se o Palmeiras joga bonito, mas é um time sólido, que consegue mudar o repertório. Ele toca músicas diferentes, com notas muito diferentes e a coisa é afinada. Eu não gosto do tipo de futebol que o Palmeiras joga, mas acho que é o favorito hoje ao título brasileiro", opinou.

Para Renato, o time alviverde também não enche os olhos, mas é certeiro. "O Palmeiras, em termos de qualidade de futebol, não atravessa seu melhor momento. É muito irregular, alterna bons e maus momentos em um mesmo jogo. Ganhou duas partidas na bacia das almas, com gol feito no finalzinho, mas ganhou. Isso mostra que é um time eficiente. Tem que se respeitar um elenco como o do Palmeiras, que vai ganhar um super reforço como o Dudu", comentou.

Mauro criticou o estilo de jogo implementado pelo técnico Abel Ferreira. "Esse é o repertório do Abel Ferreira: adquirir a vantagem e se fechar. É o que o Palmeiras tem feito desde que ele chegou. Continuo achando que isso o pouco pelo que o Palmeiras tem a oferecer. Se você olhar o ano do time, não é bom e coleciona eliminações. Acho o elenco subaproveitado e o técnico, limitado, com um repertório específico. Se fosse transferido para outros clubes, jamais daria certo, que é esse jogo reativo, de rejeição à bola, que recua para defender o resultado. O Palmeiras tem condições de fazer mais do que isso", avaliou.

"O Palmeiras é, desses da Série A, que a gente nunca conseguiu definir o time titular. É muito elenco. Eu acho que o Abel o aproveita, roda, mexe nos volantes. É um time que entra jogador, sai jogador, e continua forte. É um estilo de jogo extremamente defensivo, que procura utilizar os grandes espaços e não consegue usar os pequenos. Faz o gol e recua. Tenho uma série de críticas, mas é um time de performance, sólido, difícil de ganhar dele", finalizou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol