PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras vence Sport e empata com o líder do Brasileirão

Colaboração para UOL, em Santos

04/07/2021 17h57

Classificação e Jogos

O jogo foi morno, mas o Palmeiras venceu o Sport por 1 a 0 nesta tarde (4), na Ilha do Retiro, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e empatou em pontos com o líder Athletico e o vice Bragantino. Os times têm 19 pontos, mas os paranaenses têm um jogo a menos. Os visitantes tiveram início melhor, mas caíram de rendimento e viram o Leão da Ilha terminar a partida jogando melhor. Gustavo Scarpa foi quem marcou pelos visitantes.

Com a vitória, o time da capital paulista ocupa o terceiro lugar na tabela do Brasileirão, com 19 pontos —são três vitórias seguidas, com triunfos sobre Bahia e Internacional antes do Sport. O Leão da Ilha está em 16º, com seis. O próximo compromisso do Sport é contra o Atlético-GO, fora de casa, na quarta-feira (7), às 19h15. Já o Palmeiras enfrentará o Grêmio no mesmo dia (7), em casa, às 19h.

Quem foi bem: Gustavo Scarpa

Destaque do Palmeiras, Scarpa foi quem mais tentou criar chances no ataque. Uma delas, gerou o gol da vitória, após belo cruzamento de Danilo.

Quem foi mal: Marcão e Zé Welinson

A dupla falhou na marcação e deu espaço suficiente para Scarpa fazer o gol. Zé Welinson, porém, compensou participando e criando chances ao longo da partida.

Tarde pouco inspirada

Sport e Palmeiras tiveram um início de jogo pouco inspirado. O time de Abel Ferreira teve maior posse de bola, mas pouco levou perigo. Os donos da casa, em contrapartida, tentaram investir em contra-ataques, mas não foram efetivos quando tiveram a oportunidade.

Maílson foi quem mais trabalhou pelo Leão da Ilha. Ele foi frequentemente acionado em boas chegadas do Palmeiras, mas fez defesas seguras e não levou grandes sustos.

Final quente

O jogo esquentou somente após o relógio marcar 30 minutos do primeiro tempo. Gustavo Scarpa, principal destaque do Verdão, arriscou uma bola que passou raspando no gol de Maílson. Deyverson também assustou o goleiro, que teve que fazer defesa em dois tempos.

Em mais uma investida de Scarpa, Maiílson não teve chances. Danilo cruzou na medida para o meio-campista, que apareceu de surpresa entre Marcão e Zé Welison. O Palmeiras abriu o placar e dificultou a vida do Sport, que ainda não havia conseguido chance clara.

Leão seguro

Apesar da falha de marcação, o Leão não desacelerou. Nos minutos finais, inclusive, por pouco não arrancou empate em passe inteligente de Zé Welison para Júnior Tavares. O volante arriscou de longe um chute firme, mas passou raspando na trave e foi para fora.

Sabino ainda conseguiu salvar o Sport em uma boa tentativa de Breno Lopes, que cortou para esquerda, encontrou espaço e viu a bola desviar em Rafael Thyere.

Contra-ataque efetivo

O Sport retornou melhor para a segunda etapa. Em uma jogada ruim da defesa palmeirense, o Trelléz aproveitou a brecha para puxar forte contra-ataque. Rápido, o estrangeiro avançou, encontrou Neilton, que deu bola para Thiago Neves. Apesar de ter batido bem, a bola desviou na defesa e saiu. Um baita susto para Jailson.

André, minutos mais tarde, desperdiçou chance clara de gol. Ele recebeu boa bola de Zé Welison, girou, ficou cara a cara com Jailson, mas bateu para fora.

Palmeiras diminui o ritmo

O Palmeiras desacelerou e caiu de rendimento. Tomou alguns sustos com boas chegadas do Sport, mas os donos da casa não conseguiram converter as chances em gols. Apesar de ter terminado a partida jogando melhor, viu o rival paulista sair com a vitória.

FICHA TÉCNICA
SPORT 0 X 1 PALMEIRAS

Data/Hora: 04/07/2021, às 16h (de Brasília)
Local: Ilha do Retiro, em Recife
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira - AB/RN
Assistentes: Jean Marcio dos Santos - AB/RN e Lorival Candido das Flores - AB/RN
VAR: Daniel Nobre Bins - AB/RS, Lucio Beiersdorf Flor - AB/RS e Paulo Jorge Alves - CBF/RJ.
Cartões amarelos: Marcos Rocha (PAL) - José Welison, Paulinho e Umberto Louzer (SPORT)
GOLS: Gustavo Scarpa (0-1)

SPORT: Maílson; Hayner, Rafael Thyere e Sabino, Júnior Tavares; Marcão, Zé Welison (Thiago Lopes) e Thiago Neves; Neilton (Paulinho), Everaldo (Tréllez) e André (Maxwell). Técnico: Umberto Louzer

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Luan, Renan, Felipe Melo, Danilo, Zé Rafael, Gustavo Scarpa (Danilo Barbosa), Raphael Veiga (Rony), Breno Lopes (Willian) e Deyverson (Victor Luis). Técnico: Abel Ferreira.

Palmeiras