PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogo contra Colômbia não decide vaga, mas vale recordes para Tite no Brasil

Tite durante partida da seleção brasileira contra a Venezuela - Lucas Figueiredo/CBF
Tite durante partida da seleção brasileira contra a Venezuela Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Danilo Lavieri e Gabriel Carneiro

Do UOL, no Rio de Janeiro

23/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Brasil entra em campo hoje (23), diante da Colômbia, às 21h, sem a necessidade de vencer para se classificar para o mata-mata da Copa América. Como a competição classifica quatro de cada grupo de cinco seleções, os donos da casa já garantiram uma vaga para a próxima fase com os seis pontos conquistados contra Peru e Venezuela. O triunfo, no entanto, vale novos recordes para Tite.

O comandante pode chegar à décima vitória consecutiva no comando da seleção. Ele ultrapassaria, assim, sua marca anterior, que era de nove, justamente em suas primeiras nove partidas à frente da equipe —a sequência seria encerrada em derrota para a Argentina em 9 de junho de 2017.

Hoje, entre amistosos e jogos oficiais, a seleção apresenta uma série de triunfos sobre Coreia do Sul, Bolívia, Peru, Venezuela (duas vezes), Uruguai, Equador, Paraguai e Peru.

Na coletiva antes da partida, o comandante foi perguntado sobre uma marca específica destes cinco anos de trabalho, que inclusive foram tema de comemoração no fim de semana na concentração na Granja Comary, em Teresópolis. O gaúcho até se exaltou para negar que tem esse tipo de vaidade.

"Sem personalizar nada. A gente fala de contexto. Eu sou maduro para entender essas coisas. Não tenho essa vaidade de pegar um quadro e uma equipe toda montada e fazer uma assinatura maior do que o quadro. Falo e falo com orgulho, de toda a comissão técnica. Ganhei uma camisa de cinco anos e fui pedir para o cara que corta a grama assinar porque ele tem valor também. Quem está trabalhando conosco tem valor. Faço isso e faço com carinho, de forma desprendida e faço porque sou assim. Quem me conhece sabe que eu sou assim e isso me deixa feliz", analisou.

Além desse recorde, o comandante pode ver outra sequência que o deixa orgulhoso: terminar os 90 minutos sem sofrer gols. Se conseguir vencer sem ser vazado, o time chegará ao sétimo jogo compromisso com o chamado "clean sheet", igualando também a melhor marca desde o dia em que Tite assumiu a seleção.

Por fim, para a seleção brasileira é importante assegurar a primeira colocação do grupo porque isso faz o time jogar mais vezes no Rio de Janeiro até a final no Maracanã, o que facilitaria o trabalho logístico, evitando aviões e concentrando os deslocamentos apenas entre Teresópolis e a capital do Estado por ônibus.

FICHA TÉCNICA
BRASIL X COLÔMBIA

Data:
23 de junho de 2021, quarta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Nestor Pitana (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e José Antelo (ARG)
VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Brasil: Weverton; Danilo, Éder Militão, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro, Lucas Paquetá e Everton Ribeiro; Neymar, Gabriel Jesus e Firmino
Técnico: Tite

Colômbia: Ospina, Medina, Mina, Davinson Sanchez e Tesillo; Barrios, Pérez, Cuadrado e Cardona; Zapata e Borja
Técnico: Reinaldo Rueda

Futebol